Vacinas contra a covid-19 chegam a Minas Gerais

Da Redação | 18/01/2021

avião vacinas mg

As vacinas contra a covid-19 já estão em solo mineiro. As doses chegaram ao Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, na noite desta segunda-feira, 18, em um Airbus A330neo da Azul Linhas Aéreas, que trazia a mensagem “Brasil imunizado. Somos uma só nação.”

A chegada das vacinas ao Estado foi comemorada pelo governador de Minas Gerais, Romeu Zema, em suas redes sociais.

Após a chegada das vacinas, um grupo de profissionais da Saúde será o primeiro a receber a dose do imunizante durante um ato simbólico, ainda no aeroporto.

Neste primeiro momento, Minas Gerais vai contar com 561 mil doses dos imunizantes produzidos pelo Instituto Butantan. Esta será a maior operação de vacinação da história de Minas Gerais.

Grupo prioritário

Os públicos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde para vacinação nesta primeira fase são:

  • Trabalhadores da Saúde:
    • 1º Trabalhadores da Saúde – Equipe de vacinação
    • 2º Trabalhadores da Saúde – Equipe de Instituições de Longa Permanência
    • 3º Trabalhadores da Saúde – envolvidos diretamente na atenção/referência para os casos suspeitos e confirmados de covid-19
  • Pessoas idosas residentes em instituições de longa permanência
  • Pessoas a partir de 18 anos de idade com deficiência, residentes em Residências Inclusivas
  • População indígena vivendo em terras indígenas

Em BH, segundo a Prefeitura, os primeiros a serem imunizados serão os profissionais de saúde que atuam em UTIs, nas enfermarias covid-19 e nos atendimentos de urgência da rede pública e privada. 

A primeira fase da vacinação contra a covid-19 será feita por equipes volantes em UPAs e ambulâncias do SAMU e por vacinadores dos hospitais nas unidades.

Municípios

A expectativa é a de que em 24 horas todas as 28 Superintendências Regionais de Saúde tenham recebido o imunizante, após a chegada dos lotes no estado. Caberá aos 853 municípios buscar as doses nessas unidades regionais.

Pontos de vacinação

As Salas de Vacinas da Atenção Primária dos Municípios estão sendo orientadas há meses para identificar equipamentos de saúde, asilos e tribos indígenas.

Assim, os municípios já sabem onde farão a vacinação contra a covid-19 em pontos externos e onde farão nas instituições próprias, como já ocorre em outras campanhas de imunização.

Foto: Reprodução Twitter

Mais Notícias