Vacinação avança em BH e chega a vez dos idosos de 67 e 68 anos

Unidades de saúde e pontos de drive-thru estarão prontos para receber moradores da capital mineira dias 2 e 5 de abril.

Da Redação | 31/03/2021

vacinação em BH

A vacinação na capital mineira é ampliada novamente. Desta vez a Prefeitura de Belo Horizonte anuncia a imunização para pessoas de 67 e 68 anos (completos até 30 de abril) nos dias 2 e 5 deste mês nas diversas unidades de saúde e drive-thru (veja lista aqui).

Veja as informações:

  • 68 anos: a partir de sexta-feira, dia 2 de abril (não haverá vacinação no sábado, dia 3, e domingo, dia 4);
  • 67 anos: a partir de segunda-feira, dia 5 de abril;
  • Horário: 7h30 às 16h30 nos postos e 8h às 16h30 nos seis estruturas de drive-thru
  • Documentos:  identidade, CPF e comprovante de residência;
  • Recomendações: obrigatório uso de máscara e levar apenas um acompanhante por idoso.

A Prefeitura reforça que as vacinas para os públicos contemplados nesta etapa da campanha estão garantidas. Portanto, não é necessário chegar ao local de vacinação antes do horário inicial. 

Cuidados na Semana Santa

O secretário estadual de saúde, Fábio Baccheretti, fez um alerta importante para Semana Santa: “fique em casa, não aglomere, não receba amigos. É época de esforço para preservar vidas. Não há tempo de arrependimento”.

Segundo ele, é fundamental que a sociedade entenda a necessidade de se cumprir as medidas impostas pela onda roxa do plano Minas Consciente.

“Feriados sempre foram experiências muito ruins em relação à pandemia. Em outros momentos a incidência se elevou duas semanas após os feriados. A nossa expectativa é diferente (na Semana Santa), uma vez que estamos na onda roxa, os hotéis não funcionam, há restrições de circulação nos horários noturnos e apenas o essencial fica aberto. O papel de cada um é que vai determinar o sucesso ou não deste momento”, afirmou.

Ele observa que qualquer reunião familiar que aglomere pessoas aumenta em muito o risco de contaminação. “

A gente entende o momento que cada um vive, mas não há tempo de arrependimento. O vírus vem circulando de forma intensa na sociedade. É época de um esforço conjunto para preservar vidas”, pede.

Único caminho

Baccheretti destacou que a vacinação é o único caminho para o controle da pandemia a longo prazo. Dados da Secretaria de Estado de Saúde demonstram que a internação de pacientes acima de 85 anos já reduziu após a vacinação desse grupo prioritário.

 “Devemos colher frutos naqueles acima de 70 anos dentro de 35 dias, que é o prazo de imunidade esperada. Em meados de maio poderemos sentir redução ainda maior no número de idosos internados”, concluiu o secretário.

Minas Gerais deve receber, nos próximos dias, o maior lote de imunizantes do Ministério da Saúde. Com isso, poderá ampliar a imunização dos mineiros.

Foto: Pedro Gontijo

Confira outras matérias sobre vacinação aqui.