TRE/MG sorteia urnas eletrônicas para auditoria um dia antes da votação

Procedimento acontece às 9h na sede do órgão, com transmissão pelo Youtube, e na presença do Ministério Público Eleitoral, partidos políticos e representante da OAB

Da Redação | 14/11/2020

cabine de votação

Eleições 2020. O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TSE-MG) vai sortear neste sábado, 14, a partir das 9h, véspera das do primeiro turno das Eleições Municipais 2020, as 15 seções eleitorais do Estado, cujas urnas serão auditadas por meio de dois procedimentos.

A audiência pública de sorteio será conduzida pelo juiz auxiliar da Corregedoria do TRE, Paulo de Tarso Tamburini Souza, que preside a Comissão de Auditoria da Votação Eletrônica para as Eleições 2020. A ação acontece na Sala de Sessões do TRE-MG, em Belo Horizonte, e será transmitida ao vivo pela internet, no canal do TRE no YouTube.

Protocolos

O Ministério Público Eleitoral acompanha todo o procedimento. Também são convidados os partidos políticos e coligações envolvidos no pleito e a OAB. Em razão do protocolo sanitário adotado pela Justiça Eleitoral, haverá limitação do número de pessoas no recinto, com a presença somente dos representantes exigidos pela legislação.

Leia também: Candidatos à PBH destacam suas propostas na reta final das Eleições 2020

Segundo o protocolo, cinco urnas (uma da capital e quatro do interior) serão sorteadas a auditoria de funcionamento da urna eletrônica. Elas são trazidas para o TRE no mesmo dia do sorteio e substituídas por urnas eletrônicas de reserva das respectivas zonas eleitorais.

Cédulas de papel serão preenchidas considerando os candidatos registrados de cada município sorteado. E colocadas em urnas de lona no decorrer da tarde do dia 14. Logo após, essas urnas serão lacradas.

Votos de papel

No dia da eleição, os votos de cada urna de lona serão replicados nas respetivas urnas eletrônicas. Ao final do dia, será feita a apuração dos votos de papel e o resultado vai ser comparado com o que está no boletim da urna eletrônica associada a cada urna de lona.

Leia também: Eleições 2020 têm horários diferenciados e até nova forma para justificativa de ausência na votação

Outras 10 urnas, sendo uma da capital e nove do interior, passarão pela auditoria de verificação da autenticidade e integridade dos sistemas instalados nas urnas eletrônicas, que acontece no dia da eleição, às 6h, nas próprias seções eleitorais.

Antes da impressão da zerésima, será emitido um relatório contendo os hashes (resumos digitais) e assinaturas dos programas instalados na urna. Essas informações poderão ser conferidas com as que estarão disponíveis no site do TSE, para checagem se são os mesmos sistemas assinados na cerimônia de assinatura digital e lacração dos sistemas eleitorais.

FOTO / TRE-MG

Mais Notícias