Superando 2020, Grupo Patrimar alcança R$549 milhões de receita líquida até outubro

Dados fazem parte do Resultado Operacional do 3º trimestre no ano da construtora e também dos primeiros nove meses de 2021.

Da Redação | 10/11/2021

O Grupo Patrimar acaba de divulgar os resultados referentes ao terceiro trimestre (3T21) e aos primeiros nove meses (9M21) de 2021. E os números são animadores, a empresa conquistou R$549 milhões em receita líquida de janeiro até outubro, superando em 26,1% o valor total do ano de 2020.

Esses dados representam um crescimento de 88,7% no 9M21 comparativamente ao mesmo período de 2020. O bom desempenho proporcionou também aumento no lucro líquido de 76,1% no 9M21 ao Grupo. 

O relatório aponta que, nos últimos 12 meses, o retorno sobre patrimônio foi de 22,6% e a geração de caixa no mesmo período foi de R$43 milhões. Com isso, o Grupo Patrimar têm posição de caixa superior a R$ 300 milhões, um valor maior do que a dívida total consolidada da empresa. “Isso mostra a solidez do nosso negócio, qualidade do nosso produto e disciplina para o crescimento”, explica Felipe Enck Gonçalves, Diretor de Finanças e Relação com Investidores do Grupo Patrimar. 

Os números mostram ainda que, entre contratos assinados a desembolsar e outros em negociação, existem cerca de R$860 milhões a serem captados pela Companhia para financiar as obras, além de uma carteira de recebíveis de quase R$ 800 milhões. Além disso, seguindo o PX2 – plano da empresa de dobrar de tamanho até 2024 – o Landbank ganhou mais cinco terrenos distribuídos entre os estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro, atingindo R$ 9,9 bilhões em setembro deste ano.  

Considerando as vendas realizadas até 15 de outubro, o total de vendas contratadas pelo Grupo Patrimar foi de R$820,9 milhões, um recorde histórico para a companhia mineira. Esse boom de vendas contratadas é mérito do empreendimento Oceana Golf, que marca a entrada da construtora no segmento de luxo do Rio de Janeiro, localizado na Barra da Tijuca, Zona Oeste. O projeto alcançou um percentual elevado de vendas em poucos dias.  

O sucesso do empreendimento foi tanto que a empresa precisou antecipar para a primeira fase uma torre que estava prevista apenas para a 2ª fase do empreendimento (com as duas torres remanescentes), que foi lançada neste final de semana (6 e 7 de novembro).”É o maior lançamento imobiliário na história do mercado carioca, com quase R$ 1 bilhão em valor geral de vendas. Já realizamos o lançamento de todas as torres do empreendimento que, em pouco tempo, é um projeto muito bem sucedido”, destaca Alex Veiga, CEO do Grupo Patrimar. 

Até o último dia do mês de setembro, a empresa tem aproximadamente R$ 2,4 bilhões em projetos já aprovados para lançamento. “O relatório traz mensagens muito positivas que estão alinhadas à nossa estratégia. A empresa fará ainda novos lançamentos no 4T21, que tem tudo para ser o recorde histórico de vendas e lançamentos em um trimestre para a empresa. Além disso, também esperamos um 2022 promissor para o Grupo Patrimar”, aposta Felipe. 

Confira outras notícias (AQUI)

Mais Notícias