Stellantis começa bem e já domina a América do Sul em seu primeiro mês de criação

Fusão dos grupos FCA e PSA, nova empresa teve desempenho comercial destacado também no Brasil, graças às vendas da Fiat e da nova pick-up Strada.

Da Redação | 04/02/2021

Nova pick-up Fiat Strada

Em seu primeiro mês de criação, a Stellantis, fusão dos grupos FCA (Fiat Chrysler Automobiles) e PSA (Peugeot Citroën) assumiu a liderança nos mercados do Brasil e Argentina, e ainda na América do Sul.

A nova empresa registrou 45.644 emplacamentos no Brasil no primeiro mês do ano, alcançando 28,1% de participação no mercado nacional.

De quebra, a Fiat começou bem o ano e fechou como a marca mais vendida no Brasil, com 30.888 unidades emplacadas e 19% de participação de mercado, superando a Chevrolet, líder há cinco anos.

Os destaques da Fiat no mês foram os modelos Argo, Mobi e Nova Strada. O bom desempenho da pick-up, com 9.232 unidades vendidas, assegurou a liderança no segmento.

“Temos o desafio permanente de reforçar o valor e percepção da Fiat pelo consumidor, para desenvolver todo o potencial da marca e acelerar suas vendas. A marca liderou o mercado brasileiro e tem três modelos entre os dez mais vendidos. Isto demonstra que nós e a rede de concessionários estamos no caminho certo”, avalia o diretor do brand Fiat para a América Latina e operações comerciais Brasil, Herlander Zola.

Já a Jeep ficou na quinta posição no ranking de marcas mais vendidas, com participação de mercado de 7,5%.

Cinco de dez

A empresa também posicionou cinco de seus modelos entre os 10 mais vendidos no país: Fiat Strada, Jeep Renegade, Fiat Toro, Jeep Compass e Fiat Argo.

Veja o desempenho comercial das marcas que integram Stellantis:

  • Fiat: 30.888  
  • Jeep: 12.127
  • Peugeot: 1.557
  • Citroën: 810
  • Ram: 304

A Stellantis também foi a empresa que mais vendeu na Argentina, com 13.698 automóveis e comerciais leves emplacados e uma participação de mercado de 29%. Com estes resultados positivos nos dois maiores mercados da América do Sul, a empresa liderou as vendas na região, com mais de 64 mil unidades e uma participação de 22,6% nas vendas sul-americanas de veículos em janeiro.

Foto: Studio Cerri

Leia mais sobre Stellantis aqui.

Mais Notícias