Saindo da zona de (des) conforto

Pensar, repensar e se adaptar. Seguiremos adiante em tempos de mais necessidade por transparência, versatilidade e compromisso. Dessa forma, a resiliência e conteúdo entram em cena como protagonistas, deixando como figurantes imagem e exposição.

Marina Dubal | 14/10/2020

Começo hoje minha jornada como colunista para esse tradicional e reconhecido veículo de informação mineiro. Em tempos de pandemia, é redundante falar em sair da zona de conforto. Nem em sonho – ou pesadelo- poderíamos imaginar que viveríamos o que já passamos e que vem afetando nossas vidas e negócios em todas as dimensões.

Num primeiro momento, as incertezas nos levaram a temer pela própria permanência dos nossos negócios no mercado, pela perda de sanidade e equilíbrio. Mas aos poucos percebemos que crises também trazem novos mercados e oportunidades de crescimento. E por que não mudar para melhor?

 Como novata por aqui, vou iniciar com uma breve apresentação. Há 12 anos fundei a Dubal Arquitetura e Design (para os engajados do “Insta”: @dubalarquitetura). Desde o início da minha trajetória, antes ainda da fundação da empresa com 21 anos, trabalhei de forma abrangente, o famoso “faz-tudo”. 

Mas foi dessa maneira que iniciaria minha carreira e que hoje também se transformou em nosso diferencial – a “DAD” após quase 500 projetos, tem projetos reconhecidos desde comerciais de grande porte, como Showroom Euroville BMW, Euroville MINI, complexos de cinema Multiplex cineart em vários malls, além de projetos de empreendimentos imobiliários, residenciais e de interiores publicados e premiados.  

Concessionária Euroville MINI/ Foto Henrique Queiroga
Bar Concessionária MINI
Foto Henrique Queiroga
Lobby Edifício Kadosh, Construora RKM.
foto Daniel Mansur
Fachada Cineart Shopping Navegantes, Alphaville, Nova Lima.
Imagem Acervo Dubal arquitetura
Fachada Residência Manacás
Foto Henrique Queiroga

No passado, os profissionais mais reconhecidos quase sempre eram especialistas, seja em arquitetura comercial, decoradores e arquitetura residencial; seja médicos, advogados, entre tantos. Hoje percebo que um profissional que transita bem em áreas distintas ganha conhecimentos que enriquecem o projeto e amadurecem a percepção de todas as dimensões do mesmo até se tornar realidade – escopo, custo e prazo. Em projetos residenciais, cada detalhe do projeto é concebido com acompanhamento próximo do cliente.

O escopo é primordial e está acima, na maioria das vezes, da assertividade com relação a prazo e custo. Já em projetos comerciais, corporativos, escopo é mais objetivo e seguir custo e prazo estabelecidos são primordais. Nada como pode levar o olha atento e resiliente do profissional que transita bem em arquitetura e/ou interiores residencial para um projeto comercial, por exemplo, mantendo compromisso com custo e prazo.

Da mesma forma que tem sido cada vez mais valorizado o profissional que consegue gerar soluções criativas e diferenciadas atento a custo, mesmo em contextos em que o budget é amplo e confortável.

Com mais de 15 anos de estrada, após esses 6 meses turbulentos, percebo um olhar especial para a “casa”. E digo casa num sentido bem amplo, do lar que habitamos e construímos dia a dia, incluindo ambientes de trabalho e espaços comerciais e corporativos. Um anseio de todos por mais qualidade e menos quantidade e necessidade de muito, muitos espaços amplos, janelas amplas, vista além do alcance, respiro….

Além da demanda por projetos residenciais, de coberturas e áreas privativas estar aumentando significativamente após tanta restrição espacial e de liberdades, também estamos recebendo clientes com seus negócios repensados e reavaliados para uma nova fase.

Os espaços externos serão novos protagonistas dos projetos, de qualquer setor. Aqueles terraços esquecidos ganharão novas roupagens e poderão ser aproveitados como novos protagonistas e organizadores dos espaços, seja como atendimento, espaços de descompressão ou até mesmo reunião. Interessante também é perceber o quanto é importante, ainda mais agora, valorizar e focar em soluções arquitetônicas para o ambiente, por exemplo: iluminação e ventilação natural.

Recentemente desenvolvemos um projeto de arquitetura e interiores para uma grande clínica de cirurgia plástica e procedimentos avançados em estética – a Metta Clínica (@mettaclinica). O imóvel – um andar corrido na Savassi – já trazia uma grata surpresa de possuir generosas janelas em todas as fachadas. Uma das aberturas principais, cuja face estava voltada para a linda e histórica escola Estadual Barão do Rio Branco, foi inclusive nosso ponto de partida e eixo de organização do projeto.

Espaço antes anterior ao projeto e obra.
Foto Acervo Dubal arquitetura

O briefing da cliente já gostaria de explorar e valorizar esse elemento arquitetônico como componente da arquitetura de interiores e diferencial em meio a tanto espaços enclausurados com ar condicionado e cortinas nas janelas. O resultado foi um projeto único, aconchegante e ao mesmo tempo diferenciado– com elementos naturais de luz e possibilidade de ventilação natural em todos os ambientes de trabalho e atendimento.

Na mesma linha de conceito e cujo projeto estamos desenvolvendo no momento, um super espaço “Beauty Care” vai ter novo endereço em breve e a mudança visou justamente se ajustar a esse novo momento. Além de espaços para atendimento exclusivo para pequenos grupos, teremos uma ampla área de atendimento externo integrada com paisagismo e decor com ar mais relax e industrial.

E com tantos acontecimentos e mudança de rotinas e hábitos, a reconhecida agencia internacional WGSN citou 5 estratégias de resiliência para negócios em geral que valem a pena considerarmos e refletirmos:

  • Crie Valor ao criar não somente linhas acessíveis e com um espectro de valores próprios, mas também pense em produtos multifuncionais e versáteis – e no setor de casa e beleza, pense grande!
  • Entregue bem-estar para os consumidores que são conscientes com a saúde e buscam por soluções holísticas, de beleza, boa forma e cuidados em casa; 
  • Ganhe a confiança de consumidores que valorizam a verdade. Seja claro, aberto e honesto sobre sua rede de fornecedores. Leve a sério a responsabilidade corporativo-social e mostre isso claramente;
  • Promova o coletivo e inspire o espírito de comunidade do mundo digital ao real, através novos espaços e oportunidades, além de produtos que o aproximem do seu cliente.
  • Ofereça Conforto e Segurança de múltiplas maneiras. Reconheça a casa como foco principal para o trabalho, descanso e lazer. Adicione camadas protetivas em aparência e beleza para vida outdoor.

Pensar, repensar e se adaptar. Seguiremos adiante em tempos de mais necessidade por transparência, versatilidade e compromisso. Dessa forma, a resiliência e conteúdo entram em cena como protagonistas, deixando como figurantes imagem e exposição.

Veremos cenas dos próximos capítulos…

Highlights em arquitetura, design e afins

  • Estreia em outubro em BH o Studio 31 com peças exclusivas do premiado designer Zanini de Zanine. Com o olhar atento da talentosa Marcela Bartolomeu promete ser um dos destinos rotineiros de arquitetos, designer e amantes de design contemporâneo e atemporal e belas opções para área externa. Aguardando ansiosamente.
  • Até o começo de novembro, teremos o showroom Lider Interiores do Ponteio em nova roupagem com lançamento da coleção Plural. Após vários meses sem poder abrir, a loja está trazendo quase 20 ambientes novos, entre espaço identidade – com curadoria dos super talentosos Nada Se Leva e produção Raquel Nogueira, além de todo o novo Decora Lider com projeto e produção com assinatura DAD.

Com 75 anos de história a marca conquistou a relevância Nacional e hoje é reconhecida como uma das empresas de mobiliário mais reconhecida no Brasil.  Construindo desejos a Lider lança uma coleção que revela a PLURALIDADE de objetos para integrar com o seu ambiente preferido atualmente, sua casa.

A Coleção Plural veio para integrar com este momento híbrido, onde a casa é plural, em que ela mudou de função e todos os ambientes passaram a ter um novo sentido. Existindo multiplicidade em cores, texturas, adornos e arte.

Somos multitarefas, multifacetados, multidisciplinares. Nossa casa agora é escritório. O quarto virou sala de aula. E a sala de estar, não é mais o único lugar para se estar. “Hoje o móvel precisa se plural. Ele se desdobra, muda de função, muda a cara do ambiente”, comenta André Bastos, curador da Lider por 6 anos consecutivos e designer da premiada dupla e super inspiradores Nada se Leva.

Na Coleção Plural, o design autoral tem um papel importantíssimo no desenvolvimento das peças. Além da equipe interna, foram convidados 5 designers brasileiros, entre eles Ana Neute, Nada se Leva, Suite Arquitetos, Lattoog e Em Dois Design, e o resultado está estampado nas múltiplas formas, com design exclusivo de cada produto.

  • E por falar em sair da zona de conforto, a supercompetente arquiteta Graziella Nicolai que já tem trabalho reconhecido em arquitetura e interiores está estreando também na moda com marca sob sua curadoria e cuja elegância “pret-a-porter” já é reconhecida! Sugiro seguir e acompanhar o que vem por aí @essensbrasil