RKM Engenharia fecha acordo com Banco do Brasil

Pela primeira vez as duas instituições fecham acordo financeiro de grande porte sem a necessidade de trâmites presenciais

Da Redação | 02/02/2021

A aceleração da transformação digital nas empresas é uma das consequências da pandemia, que obrigou as empresas a se reinventarem em um curto espaço de tempo. Pensando em agilidade, segurança, desburocratização e todos os demais benefícios agregados pelas tecnologias digitais, incluindo o blockchain – assinaturas digitais na tecnologia criptografada – a RKM Engenharia, acaba de assinar com o Banco do Brasil uma parceria cujo processo 100% digital, é inédito para ambas as empresas.

A construtora fechou parceria com a instituição financeira para um aporte de R$ 63 milhões a serem aplicados na construção de seu novo empreendimento, o Sereno, localizado em Nova Lima. O processo de levantamento de funding, que normalmente requereria encontros presenciais, assinaturas e todos os trâmites burocráticos conhecidos, foi substituído por procedimentos 100% virtuais, num movimento inédito tanto para a instituição financeira, quanto para a construtora.

A RKM aproveitou o impacto da pandemia para acelerar seu processo de transformação digital e vem investindo fortemente na digitização de seus processos. Foi a primeira do Brasil a fechar contrato de compra e venda via blockchain, está investindo em um aplicativo por meio do qual todo o processo de aquisição de imóveis se dará virtualmente – da escolha do apartamento ao registro do imóvel – além de estar desenvolvendo o uso de criptomoedas como forma de aquisição fracionada de seus empreendimentos.

O fechamento da parceria com o Banco do Brasil de forma totalmente digital é, neste sentido, mais um passo na consolidação desse novo modelo de atuação adotado pela incorporadora mineira especializada em imóveis de alto luxo.  “Este processo em específico entre a RKM e o Banco do Brasil, realizado digitalmente, é mais uma inovação que trazemos para o mercado. Nosso CEO fez todo o processo de assinatura do contrato estando fora do Brasil. Ganhamos em produtividade, facilidade de entendimento, desburocratização, aumento da sustentabilidade, melhoria grandiosas em organização, ganhos em velocidade de execução, segurança e transparência para os nossos clientes e economia de insumos, explica Rodrigo Junqueira, CFO da RKM.

“Para o Gerente Geral do Centro de Negócios Estruturados e Governo, unidade responsável por todos os negócios imobiliários pessoa jurídica, operações de repasse pessoa física e negócios com governo e autarquias, do Banco do Brasil, Anderson C. Aires da Silva, o modelo adotado na última operação com a RKM marca o início de uma nova era, onde o processo de financiamento à produção é 100% digital, inclusive a assinatura e formalização.

Essa estratégia vai ao encontro do direcionamento estratégico do BB na transformação digital, gerando eficiência, rapidez, sustentabilidade, segurança e sobretudo, uma melhor experiência aos nossos clientes”.

O BB só tem a agradecer ao Ricardo Alfeu, CEO do grupo RKM por ter aceitado o desafio de ser a primeira cia a contratar num processo 100% digital, essa parceria nos honra muito.”

Parceria amplia garantia e segurança ao cliente que investe nos empreendimentos

A modalidade de financiamento adotado pela RKM com o Banco do Brasil, denominada Plano Empresário, permite o financiamento total ou parcial da obra ainda na planta.  Nesta condição, o cliente final tem a garantia de que todos os recursos serão utilizados somente no próprio empreendimento em questão e as unidades habitacionais são hipotecadas ao banco, garantindo assim este financiamento”, explica Rodrigo.

A parceria vai permitir ainda que o registro do imóvel em cartório seja feito por meio de assinaturas digitais do documento através do Colégio Registral de Imóveis (CRI). Além disso, a assinatura é feita com certificação digital e será registrada em blockchain, o que traz toda a segurança dessa tecnologia.

Sereno – Novo jeito de morar

A novidade chega com o lançamento do novo empreendimento sustentável da construtora localizado em Nova Lima (MG), que foi inteiramente projetado respeitando-se as boas práticas de redução dos impactos ambientais e de uso eficiente de materiais e bens naturais. Para construção do Sereno. A obra terá início em março e 2021 com previsão de entrega para o primeiro trimestre de 2024. “Nossa expectativa é de que em até dezembro de 2021, 78% das unidades estejam vendidas, e que poderão ser facilitadas devido a essa parceria com o Banco do Brasil. Nossos clientes terão como benefício a segurança e a garantia da obra, mas principalmente o fato de que ele já pode financiar a compra da sua unidade, mesmo ela ainda em construção.  Normalmente os clientes somente conseguem um financiamento de imóvel se o mesmo estiver pronto, mas com a nossa parceria, o cliente já consegue começar o financiamento o imóvel ainda na planta”, finaliza Rodrigo.  

Mais Notícias