Residenciais oferecem exclusividade, alto padrão e proximidade com a natureza

Morar com tranquilidade, rodeado das mais diversas comodidades, foi o que motivou o Grupo EPO a investir no Vale do Sereno.

Da Redação | 21/03/2021

Fugir dos grandes centros urbanos e passar alguns dias em meio à natureza com a família é algo muito bom, não é mesmo? A calmaria e o ar puro ajudam a relaxar e esquecer todos os problemas da vida urbana, como trânsito, poluição, barulho, entre muitos outros. Mas j á pensou se ao invés de passar apenas alguns dias, você morasse em um l ugar rodeado por natureza e que oferecesse a mesma infraestrutura dos grandes centros? Isso foi o que motivou o Grupo EPO a investir no Vale do Sereno, em Nova Lima.

O bairro foi totalmente planejado para o crescimento e desenvolvimento sustentável do Vetor Sul, pautado nos conceitos de novas centralidades contemporâneas. “A convivência harmoniosa entre moradia, trabalho, comércios, serviços, preservação ambiental e mobilidade urbana são algumas características do Vale do Sereno que merecem ser ressaltadas. Além disso, os terrenos são mais generosos que na centro-sul, o que resulta em plantas mais amplas e com projetos arrojados em total respeito à natureza”, destaca Gilmar Dias, presidente do Grupo EPO.

A construtora acaba de lançar no Vale do Sereno dois residenciais: o Brisa, um refúgio para quem busca se reconectar com a exuberância da natureza, alinhando bem-estar e modernidade; e o Luar, com apartamentos compactos de luxo que oferecem praticidade e qualidade de vida. Os residenciais farão parte do Complexo Botânico Casa Natureza, junto com os Residenciais Sol e Terra, já construídos.

O Brisa Residencial não é apenas um i móvel, é um novo conceito de vida. Desde o início, o empreendimento foi projetado para trazer i novação para o dia a dia dos moradores, por meio de uma planta inteligente em formato de cata-vento, que oferece vista exclusiva para os quatro cantos da região. Ele terá 20 apartamentos tipo, de 377m², sendo um por andar, que contarão com quatro suítes, sendo a máster equipada com closet e banheiro Sr. e Sra., com hidromassagem. A sala comporta três ambientes, além da varanda gourmet, lavabo, sala de refeições, cozinha com despensa, área de serviço com dependência de empregada e rouparia.

Cada apartamento possui quatro vagas de garagem. Em um espaço de 764m², a cobertura foi idealizada para oferecer conforto e exclusividade: a sala para dois ambientes com pé direito duplo no primeiro andar e elevador interno. No segundo andar, piscina, espaço gourmet, lavabo, academia, escritório, home theater, três varandas e academia. A cobertura terá seis vagas na garagem. Todos os apartamentos contam com tomada USB, tratamento acústico no piso dos quartos, j anelas e portas das suítes com veneziana integrada e acionamento elétrico. O acabamento de alto luxo é personalizável para um padrão premium.

A área social do Brisa é perfeita para receber amigos e familiares: há salão de festas, academia, piscinas adulto e i nfantil climatizadas, sauna, quadra de tênis com medidas oficiais, espaço gourmet, churrasqueira, playground e espaço kids. Entre os demais destaques do condomínio estão as garagens com uma vaga por andar para recarga de carro elétrico, entrada independente para entregas e delivery e cômodo para guardar encomendas.

Já o Luar Residencial será erguido em torre única, com 28 pavimentos, sendo quatro apartamentos por andar. O empreendimento é focado em pessoas que querem morar em apartamentos práticos, mas que não abrem mão da qualidade e do alto padrão. Ao todo, serão 80 apartamentos tipos, de 93 m² a 142 m², e quatro coberturas, 231 m² a 240 m². As unidades do empreendimento terão venezianas integradas, tomadas USB e tratamento acústico nos pisos dos quartos.

No pilotis, o Luar vai oferecer aos moradores sala de reuniões, salão de festas climatizado, espaço gourmet, praça do Fogo, varanda coberta, espaço kids, mini quadra, academia, playground, piscinas adulto e infantil com deck, sauna, vestiários, churrasqueira e ainda um Pet Place.

A preocupação da EPO com a sustentabilidade também está estampada no empreendimento: o condomínio terá medidores individuais de água quente, água fria e gás. Nas áreas sociais terão lâmpadas LED com sensores de presença, torneiras com temporizadores e irrigação automática nos jardins. Para proporcionar ainda mais comodidade, no empreendimento haverá vagas para visitantes e bike. No Luar terá serviços para trazer segurança e facilidades para o dia a dia do morador, como wi-fi nas áreas sociais, car wash, elevadores com controle de acesso por senha e biometria e aplicativo para gestão de serviços do condomínio.

Diferenciais dos projetos

Os residenciais têm arquitetura assinada por Gustavo Penna e decoração das áreas sociais elaborada por Patrícia Hermanny. A arquiteta conta que a inspiração para o projeto das áreas sociais do Brisa, foi pensada para valorizar o entorno. “O terreno em declive proporciona uma vista espetacular para todos os l ados. Na parte frontal, o projeto foi concebido para proporcionar total privacidade e segurança. Todos os espaços são claros, iluminados e tem-se a percepção de uma área a inda maior, sem limites definidos”, pontua Patrícia.

Já o projeto do Luar é arrojado, funcional e prático. “Com um número maior de apartamentos, mais compactos, o residencial tem uma área social com um perfil mais dinâmico, para atender bem e com conforto um grupo maior de pessoas. Ela j á vem pronta para ser usufruída e traz, em cada detalhe, conceitos requintados que harmonizam perfeitamente com a proposta de um estilo d e vida diferenciado”, explica Patrícia.

Investimentos na região

Para entender um pouco da evolução do Vale do Sereno é preciso retornar ao surgimento de um outro empreendimento do Grupo EPO na região: o Serena Mall, às margens da rodovia MG-030, em outubro de 2008. “O shopping foi criado para ancorar o desenvolvimento do bairro, que precisaria de apoio de comércio e serviços”, afirma Gilmar. Antes da inauguração do centro, a Prefeitura de Nova Lima começou a rever o plano diretor do bairro. Ficou acertado em 2007 que os lotes, antes de 700 m², passariam a ter o mínimo de 3 mil m². Portanto, em vez de casas, surgiram prédios. Foi o sinal verde para os empreendedores darem início ao processo de revitalização d o Vale do Sereno.

“Nesse momento, a EPO, junto à Associação dos Empreendedores do Vila da Serra e do Vale do Sereno (AVS), contribui com as obras de mobilidade urbana como a Alça Sul e a trincheira que liga a MG-30 à BR 356, importantes vias da região”, conta o presidente da EPO.

Desde então, a EPO não parou mais de investir na região. Outro projeto de sucesso é o edifício Prisma, projetado e executado pela construtora, em parceria com a Vale do Sereno Empreendimentos, está localizado na Rodovia MG-30, próximo a condomínios fechados, complexos residenciais e empreendimentos empresariais da região. A proposta é levar conveniência, lazer, serviços e comodidade para o público que mora ou frequenta o Vale do Sereno.

Com arquitetura arrojada, também assinada por Gustavo Penna, o Prisma está sendo erguido em um terreno de 5.644 m² e terá 12 pavimentos, resultando em 19 mil m² de área construída. Serão 48 salas comerciais e 17 lojas, que vão receber operações comerciais importantes para a centralidade. A previsão é de que as obras sejam finalizadas em 2022.

Fotos: Alexandre Sandrini Domingues / Tearte / Arte Digital