Popolare na Modernos e Eternos

O nome dado ao restaurante propõe uma união entre a música e os prazeres da mesa.

Lea Araújo | 01/10/2021

A sexta edição da mostra anual de arquitetura, design, décor e arte Modernos e Eternos exibe o elegante Restaurante Concerto, projetado por Gustavo Penna e Sandra Penna no teatro original do Colégio e Faculdade Arnaldo. É um dos 35 ambientes que poderão ser visitados até o dia 7 de outubro com direito a desfrutar de uma gastronomia italiana de alto nível a cargo da Popolare Pizza.

O nome dado ao restaurante propõe uma união entre a música e os prazeres da mesa. O teto original estampado com compositores clássicos como Bach, Beethoven, Mozart e Chopin foi preservado e para dar a ideia de continuidade do teto foi instalado um espelho, criando assim, um percurso infinito. 

As cadeiras da plateia deram lugar às mesas, sofás em arco e poltronas em dos tons terrosos para ressaltar a sintonia do lugar. Sobre o bar sobrevoa uma luminária em formato de um zepelin, com 6m de comprimento. A cortina do palco foi esculpida em painéis metálicos, fornecidos pela Gerdau, que foram perfurados em círculos com corte a laser de tamanhos variados, criando um efeito tridimensional. O cenário está armado para receber apresentações musicais como Banda Cash, Orquestra Casa de Música de Ouro Branco, Mariana Sobreira e vários Djs.

O talento do chef Raffaele Autorino vai além das pizzas, já conhecidas na cidade desde o Prima Napoletana que funcionou no Mercado da Boca do Jardim Canadá. Antes disso, o chef italiano de Nápoles foi sócio do Massimo Battaglinni no Pecatore, restaurante especializado em peixes e frutos do mar que esteve na rua Sapucaí. 

Recentemente Raffaele se uniu ao chef Leonardo Paixão para abrir a Popolare, serviço de delivery de pizzas italianas autênticas, com bons ingredientes e preço justo. A massa é levíssima devido à horas de fermentação com farinha italiana. Os sabores são poucos e bem selecionados, como Da Horta, Peperoni, Cogumelos, Margherita e Gorgonzola, na casa dos R$40, a serem apreciados no Restaurante Concerto.

Pratos clássicos italianos também fazem parte do menu elaborado especialmente para o evento. Começamos muito bem com as entradas. 

Uma ótima burrata fornecida por um amigo italiano do chef é servida com mix de tomates, morangos no balsâmico e basílico (R$88) e o carpaccio finamente cortado vem com queijo tipo grana e rúcula (R$73). Ambos são acompanhados de focaccia com azeite e ervas. Adorei a tal pizza frita que em versão mini é apresentada numa tábua (R$52). Em cima da massa frita vem ricota de búfala, salame italiano e pesto.

Como principal o Steak Angus ao molho de vinho da Campanha e linguine cacio e pepe (R$92) está imperdível. A carne da marca Carapreta extremamente macia e suculenta com massa abundante em molho de queijo fazem uma combinação óbvia e perfeita. Se desfazia em grandes lascas o bacalhau ao molho mediterrâneo com cebolas batatas ao forno (R$118) – excelente pedida. O sabor de um primoroso molho de tomate pode ser sentido no Spaguetti com almôndegas (R$69). 

As sobremesas ficaram a cargo da Espetacular Doceria, com quatro opções de R$28 a R$32. A Tartelette de frutas vermelhas (R$32) tem base de farinha de amêndoas com creme de baunilha e frutas frescas. O Patê a choux rafrainchissant (R$29) é um sablé de amêndoas, bombas recheadas com creme de baunilha passadas no caramelo e chantilly com raspas de limão taiti e siciliano. O Trio magnifique (R$28) revela três sabores em discos de macarron: baunilha com brigadeiro brulee, limão siciliano com amora e chocolate com menta. E o melhor doce da noite foi o Trois chocolate (R$32), a torta a base de mousses com uma camada de chocolate meio amargo, outra de chocolate branco, finalizada com chocolate meio amargo. 

A carta de coquetéis tem 11 opções na faixa de R$35 com clássicos como Negroni, Tom Collins e Dry Martini além das gin tônicas com as três variedades da Yvy, Terra, Mar e Ar.

Entre os 27 vinhos da adega Verdemar estão o espumante Omnium Brut (R$79) e até brancos mais elaborados como o Chablis Besson Reseva (R$399).

Mais experiências gastronômicas no degustatividade.com.br

Fotos: Arquivo Pessoal / Léa Araújo