Palácio das Mangabeiras se enfeita para a CasaCor Minas

Com o tema “A Casa Original”, evento reúne 71 profissionais em 47 projetos caracterizados pelo equilíbrio entre o passado e o futuro.

Da Redação | 10/09/2021

Com a presença do governador Romeu Zema, a 26ª edição da CasaCor Minas teve sua apresentação oficial na última quarta-feira, 8, no Palácio das Mangabeiras, que mais uma vez vai sediar o maior evento de arquitetura e decoração do Estado. A mostra acontece de 14 de setembro até 17 de outubro. 

O tema central desta edição é “A Casa Original”. A temática provoca uma série de reflexões, sobretudo pelo evidente desejo de retorno às origens, buscando na ancestralidade e na simplicidade o equilíbrio necessário entre o passado e o futuro. 

Em função do atual momento, as visitas devem ser agendadas em horário fixo, a fim de controlar o acesso do público. A maior parte dos ambientes estará concentrada nas áreas externas, uma área ao ar livre com mais de 12 mil m2, para possibilitar a visitação de forma segura, além de garantir a realização de um rigoroso protocolo. 

Segundo a organização, há uma nova tecnologia para permitir aos visitantes acesso à mostra sem nenhum tipo de contato com outra pessoa. Eles acessam o evento através de uma catraca eletrônica capaz de fazer o reconhecimento facial cadastrado na internet no ato da compra do ingresso.

Para o governador Romeu Zema, a realização de mais uma edição da CasaCor no Palácio das Mangabeiras traz um simbolismo forte para o Estado, com o avanço da vacinação e queda nos números de casos covid-19. “É o momento em que todos nós estamos buscando estar em lugares ao ar livre, bonitos e aconchegantes. O turismo em Minas tem crescido de forma exponencial nas últimas semanas. Espero que tudo isso venha complementar trazendo turistas, criando empregos e dando mais felicidade para um povo que sofreu tanto nesses últimos 18 meses”, destacou.

A mostra apresenta o trabalho de profissionais consagrados e jovens talentos. São 71  ao todo que, juntos, tornarão possível o desenvolvimento de 47 projetos concebidos a partir do tema central.  

A CasaCor Minas novamente investe na preservação da memória e busca resgatar aspectos históricos da edificação. Nesta edição, será apresentada mais uma parte do projeto de recuperação e implementação dos jardins originais de Burle Marx, um trabalho desenvolvido pela paisagista Nãna Guimarães. 

A gastronomia novamente será um dos pontos fortes do evento. A curadoria e concepção gastronômica é do chef italiano Massimo Bataglini, que juntamente com Henrique Benerick, da Benericks, está à frente do Outland, um bar e restaurante a céu aberto, que alia boa gastronomia, uma extensa carta de coquetéis e, claro, um bom design. 

A inspiração para o bar Benericks, no entorno da piscina, com projeto de Daniel Tavares e Cynthia Vianna, veio dos bares venezianos. O café Panini e Jardim, assinado pela equipe da Duo Arquitetos, que faz sua estreia na mostra, em parceria com o paisagista Droysen Tomich, também funcionará sob comandando do chef Massimo Bataglini. Ele preparou um cardápio dedicado à criações que utilizam o pão como base principal. 

SERVIÇO

CasaCor Minas Gerais 

  • Local: Palácio das Mangabeiras (Praça Ephigênio de Salles, 01, Mangabeiras, BH)
  • Data: 14 de setembro a 17 de novembro de 2021
  • Horário de funcionamento: 
  • Terça a Sexta – 14h às 22h
  • Sábado – 12h às 22h 
  • Domingo – 11h às 20h
  • Ingressos pelo site: https://casacormg.byinti.com/#/ 
  • Até 13/09 – desconto de 10% no ingresso com o código CASACORMG10
  • Informações: https://casacor.abril.com.br/ 

Fotos: Edy Fernandes/ Bárbara Dutra