O uso de ácidos no inverno

Dra. Joana Barbosa | 29/07/2021

A primeira coisa que eu quero deixar bem clara, é a seguinte: não é preciso aguardar nenhuma época do ano para iniciar seus tratamentos dermatológicos. Desde que haja alguns cuidados, todos os ácidos são permitidos seja no verão ou no inverno. O mais importante, é saber qual ácido usar e como.

Escolha o produto certo para tratar suas necessidades. Os ácidos possuem muitas indicações pois promovem benefícios como: melhorar a textura da pele, clareamento, controle da oleosidade e até tratar as rugas mais profundas.

Durante o inverno, a umidade do ar baixa e as temperaturas mais frias levam à diminuição na transpiração corporal. Esses fatores fazem com que a pele fique mais seca. Nessa época também é comum os banhos serem mais quentes, o que provoca uma remoção da oleosidade natural de forma mais intensa, diminuindo o manto lipídico de proteção que retém a umidade da pele.

Por essas e por outras, seguem algumas dicas para manter o uso dos ácidos em casa:

  1. Alterne os dias de uso até a sua pele se acostumar: a dica é nunca iniciar os ácidos usando diariamente. Dê a sua pele a chance de ter uma tolerância maior a medicação, começando o uso entre 2-3x/semana.
  • Se sua pele tem uma tendência a ficar mais vermelha e sensível após o uso, discuta bem a questão com o seu dermatologista. Nestes casos, é necessário escolher medicações com menor potencial de irritação e com textura mais hidratante.
  • Não use ácidos de dia sem protetor solar. Apesar de estarmos numa época de menor intensidade do sol, a maior parte dessas substâncias deve ser aplicada no período noturno, mas caso haja a indicação de uso durante o dia; deve-se sempre proteger a pele do sol.
  • Se houver irritação, descamação, vermelhidão e/ou sensibilidade, suspenda o uso temporariamente da substância e entre em contato com seu médico!

Apesar de tudo isso, a estação fria é a época mais recomendada para realizar tratamentos dermatológicos. Com a queda das temperaturas, a incidência da radiação UV é menor e além disso as pessoas se expõem menos ao sol; fazendo com que este seja o momento ideal para realizar procedimentos dermatológicos mais intensos. São recomendados tratamentos como peelings, preenchimento, lasers, toxina botulínica, além da utilização de ácidos fortes.

Não perca tempo e já inicie seus tratamentos!

Confira outros textos (AQUI)

Foto: Shutterstock