Nova edição do “Encontros com o Patrimônio” destaca a culinária mineira

Da Redação | 13/09/2021

A Casa Fiat de Cultura anunciou uma edição especial do Encontros com o Patrimônio. E, dessa vez, o evento traz a culinária mineira como prato principal.

Com o tema “Memórias e afetos transformados em sabores e tradição”, o convidado é o cozinheiroAndré Barreto, do blog Cozinhe pra Ela, que diretamente da sua cozinha participa de um bate-papo com a historiadora e educadora do Programa Educativo da Casa Fiat de Cultura, Ana Carolina Ministério.

Além disso, ele também realiza, ao vivo, a receita de uma massa caseira ao molho pesto feito com ingredientes mineiros. 

O evento será realizado no dia 19 de setembro, das 11h às 12h30, com participação gratuita e inscrições pela Sympla (AQUI).

Durante o bate-papo, a historiadora Ana Carolina Ministério vai traçar um breve panorama da gastronomia em Minas Gerais, abordando a importância da culinária, seu papel na formação da identidade cultural dos mineiros, dando destaque, também, para o modo artesanal de fazer queijo no estado, registrado como patrimônio cultural imaterial brasileiro.

“A gastronomia é uma das principais manifestações de uma cultura, ela diferencia um povo de outro, integra suas tradições e costumes e apresenta seus traços identitários. Minas é culturalmente diversa e isso reverbera na culinária também”, ressalta Ana Carolina.

A historiadora ainda relembrará a formação histórica e antropológica da chamada cozinha tradicional ou “típica mineira”, que foi forjada no decorrer do século XVIII e início do XIX, em dois momentos distintos: o de maior escassez, durante a ocupação do território e da mineração, e o de fartura, com a ruralização da economia regional. Além disso, vai pontuar como alguns hábitos alimentares de alguns povos indígenas, africanos e dos colonizadores portugueses contribuíram para a nossa cultura alimentar. Por fim, vai comentar sobre a presença dos imigrantes italianos, que chegaram em Minas Gerais a partir da segunda metade do século XIX, e que também influenciaram nossos hábitos alimentares.

Como na maioria das casas mineiras, onde a maior parte das conversas acontecem em volta do fogão, o cozinheiroAndré Barreto vai preparar uma massa caseira ao molho pesto feito com ingredientes mineiros – como o queijo canastra e a castanha de baru, típica do norte do estado –, enquanto compartilha sua história com a gastronomia e as inovações nas práticas atuais dos chefs. André conta que tem uma relação de muito afeto com a cozinha porque desde pequeno vê seu pai cozinhar para família e amigos. “Os anos foram passando, fui aprendendo e me interessando cada vez mais pela cozinha. Hoje, considero a gastronomia mineira a melhor do país. Ela vai muito além do pão de queijo, com pratos à base de fubá, carne de porco, galinha, ora-pro-nóbis, e outras delícias”, completa.

O Encontros com o Patrimônio “Memórias e afetos transformados em sabores e tradição” é uma realização da Casa Fiat de Cultura e do Ministério do Turismo, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, patrocínio da Fiat, do Banco Safra e da Gerdau, copatrocínio da Expresso Nepomuceno, da Sada, do Banco Fidis e do Mart Minas. O evento tem apoio institucional do Circuito Liberdade, do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico (Iepha), do Governo de Minas e do Governo Federal, além do apoio cultural do Programa Amigos da Casa, da Brose do Brasil e da Brembo.

Serviço:

Encontros com Patrimônio online – mês de setembro

  • Encontros com o Patrimônio “Memórias e afetos transformados em sabores e tradição” Convidado: cozinheiroAndré Barreto
  • 19 de setembro, das 11h às 12h30 – Bate-papo virtual
  • Evento gratuito, com inscrição pela Sympla: (AQUI)