Nova 890R tem novo visual e motor vitaminado

Com 90 cc a mais que versão anterior, modelo da KTM também vem com sistema de assento ajustável.

Da Redação | 17/12/2021

A austríaca KTM anunciou o lançamento, no Brasil, da nova 890R. A moto alia o visual de uma moto de enduro e rali, mas com conforto de uma bigtrail. Seu visual é considerado “agressivo” e chega ao mercado nacional com diversos recursos.

Entre eles está a suspensão WP XPLOR de 240 mm de curso, ajustável, que recebeu novas configurações, para permitir aos pilotos realizarem percursos ainda mais difíceis. A moto também teve atualizações na embreagem (slipper), que foram fundamentais para lidar com o torque e potência aumentados. É que o motor ganhou mais 90 cc.

A moto vem ainda com o pre-muffler, um silenciador que integra o catalisador do sistema de escapamento, a fim de atender às normas da Euro 5 para o controle de emissão de poluentes.

Esta KTM é equipada ainda com assento com altura ajustável e novo interruptor para acionamento de controle de cruzeiro, função que permite manter a velocidade estável sem a necessidade do acionamento do acelerador.

O modelo também recebeu painel completo em TFT, sistema de iluminação em LED e um tanque com capacidade para 20 litros de combustível. Outras ferramentas são My Ride, Off Road Ride Mode, OffRoad ABS, Cornering ABS, Street Mode, Rain Mode e Controle de Tração, todas desenvolvidas pela KTM.

A nova KTM 890R vem com motor 889 cc bicilíndrico em linha, oito válvulas e refrigeração líquida. Ela gera potência máxima de 105 cv a 8.000 rpm e torque máximo de 100 Nm a 6.500 rpm

Com peso de 196 quilos, esta KTM ficou mais leve e resistente graças às atualizações do chassi, que recebeu quadro e subquadro construído em aço carbono cromo-molibdênio, revestido com tinta em pó. Já as suspensões foram atualizadas com componentes WP e novo amortecedor traseiro. Na dianteira, a 890R 2021 recebeu suspensão WP-XPLOR invertida de  48 mm, e, na traseira, foi equipada com amortecedor WP-XPLOR com Sistema de Amortecimento Progressivo (PDS), ambos com curso de 240mm.

Seu para-lama dianteiro alto, chassi estreito e tanque de combustível e painel mais baixos confirmam isso visualmente. Já o novo sistema de freios garante toda a segurança necessária para uma pilotagem de alta performance. Este lançamento é equipado com sistema ABS, com disco duplo de 320 mm e pinças radiais na dianteira, e disco simples de 260 mm com pinça flutuante na traseira.

O fabricante austríaco também disponibilizou no Brasil a versão mais voltada a estrada do lançamento, chamada KTM 890 e tem poucas mudanças em relação a 890R. Além dos grafismos, banco bi-partido e mais confortável, ausência de para-lama dianteiro alto e de uma bolha para-brisa consideravelmente maior, a principal diferença está nas suspensões.

Foto: Divulgação CC / KTM