Mustang Mach 1 é forjado nas pistas

Aceita-se encomenda para uma das versões do esportivo mais icônico da Ford, que no Brasil vai custar quase R$ 500 mil

Da Redação | 22/04/2021

No mês em que completa 57 anos, o Mustang desembarca em junho no Brasil em sua versão Mach 1. Com produção limitada, o esportivo da Ford só vai fazer parte da garagem de quem fizer encomenda – fila de espera já aberta – e tiver na conta bancária R$ 499 mil.

O Mustang é um ícone da indústria e sob o capô está o seu principal atrativo. O motor Coyote 5.0 V8 faz com que o carro acelere de 0 a 100 km/h em 4,3 segundos e atinja a velocidade de 250 km/h. Só não vai mais porque é limitada eletronicamente.

Completa o seu conjunto mecânico a transmissão automática de dez velocidades, que possui uma calibração exclusiva. Ela gera um ganho de 17 cv, e entrega a potência de 483 cv (a 7.250 rpm) e torque máximo de 56,69 kgfm (a 4.900 rpm). 

O Mach 1 tem também um novo conversor de torque, com trocas mais rápidas. O coletor de admissão, o corpo de borboletas maior, o sistema de arrefecimento do motor e o radiador da transmissão vêm do Shelby GT350. Já o escapamento, o difusor traseiro, o conjunto de braços e buchas da suspensão traseira e o sistema de arrefecimento do diferencial traseiro são compartilhados com o Shelby GT500.

Apesar de ser novíssimo, o Mach 1 bebe na fonte do passado quando o assunto é estilo. Há uma faixa preta com friso colorido no capô e nas laterais. A frente traz uma nova grade, com o emblema do cavalo no centro. O para-choque tem um novo difusor inferior e duas entradas de ar laterais.

As rodas são de 19 polegadas com acabamento cinza brilhante e há um novo aerofólio com difusor de recortes triangulares. As lanternas são interligadas por uma faixa preta, com a assinatura Mach 1 ao centro.

Os bancos possuem recortes horizontais, com revestimento em couro perfurado que serve também ao sistema de aquecimento e resfriamento.

Já a soleira das portas traz um desenho com a assinatura Mach 1 e iluminação que pode ser personalizada em sete cores. 

O painel de instrumentos digital de 12 polegadas permite ao motorista personalizar cores e mostradores e dá acesso aos Track Apps, que inclui o marcador de 0 a 100 km/h e o Line Lock para “burn out”. 

O Mach 1 é equipado ainda com o sistema FordPassTM Connect que dá acesso a informações e comandos do veículo pelo celular.

Mais Notícias