MRV realiza o sonho de Clarinha

Criança com doença rara ficou conhecida após campanha nas redes sociais e ganha casa adaptada à sua realidade.

Da Redação | 02/07/2021

A MRV fez a entrega, nesta quarta-feira, 30, da casa adaptada de Clara Ornelas Gusmão de 10 anos, portadora da Síndrome de Hutchinson-Gilford, uma doença rara que acelera o processo de envelhecimento em cerca de sete vezes em relação à taxa normal. A história de Clarinha ganhou ampla repercussão quando foi descoberta pela imprensa, após lançar uma vaquinha para a realização de seu sonho: adaptar a casa da família conforme suas necessidades.

A cruzeirense conseguiu unir todos os grandes times de Minas e ganhou ainda o coração da MRV, que abraçou a causa, comprometendo-se com a adaptação do imóvel condizente à realidade da pequena. 

“Foram 11 meses desde nosso primeiro contato com a Clarinha para informá-la que a MRV iria doar a casa integralmente adaptada a ela e estamos muito felizes em concluir esse projeto. Entregamos muito mais do que imóveis, trabalhamos para criação de novos lares e realização de sonhos. Temos como foco o bem-estar, por isso essa iniciativa está tão alinhada ao nosso propósito”, conta o presidente da MRV, Rafael Menin.  

A casa, que fica em Comercinho (MG), foi totalmente adaptada as necessidades da Clarinha. O imóvel conta com área construída de 112,79m² e total de 11 cômodos, sendo o térreo a garagem o e 1º pavimento com três quartos, banheiro social, sala de estar, cozinha, área de serviço e circulação. Na parte externa, há rampa de acesso e quintal com área verde.  

“As principais adaptações feitas para atender ao uso da Clarinha foram voltadas para as alturas e degraus, por isso, criamos uma rampa de acesso lateral, louças e bancada do banheiro da suíte em altura apropriada, ajuste da altura das maçanetas e interruptores”, explica Menin. 

Fotos: Divulgação JC / MRV

Mais Notícias