Minas Tênis Clube conquista Superliga Feminina de vôlei

Esta foi a 20ª vitória da equipe do Minas diante do time de Uberlândia em confrontos pela Superliga.

Da Redação | 06/04/2021

Nesta segunda-feira, 5, o Minas Tênis Clube derrotou o Dentil Praia Clube por 3 sets a 2 (25/17, 13/25, 12/25, 25/18 e 15/11) e conquistou o título da edição 2020/2021 da Superliga Feminina de vôlei. O confronto foi realizado no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ).

O Minas conseguiu o título após perder o primeiro jogo, na última quinta-feira, 1, por 3 sets a 1 e vencer a segunda partida, no último sábado, 3, por 3 sets a 1.

Este é o quarto título do Minas na Superliga, cuja última conquista foi justamente sobre o Praia Clube, na temporada 2018/2019. As outras conquistas foram nas temporadas 1992/1993 e 2001/2002.

Vale dizer que esta foi a 20ª vitória da equipe minastenista diante do time de Uberlândia em confrontos pela Superliga. Ao todo, foram disputados 37 jogos, desde a primeira participação do Praia, na temporada 2008/09. Além disso, o Minas disputou a segunda final seguida contra a equipe do interior e conquistou os dois títulos da Superliga.

Vitórias individuais

A levantadora Macrís foi eleita a melhor jogadora em quadra e levou o último Troféu Viva Vôlei da Superga Feminina 2020/21. Além disso, foi escolhida pelo sexto ano consecutivo, a melhor levantadora da Superliga. Já norte-americana Megan Easy foi a maior pontuadora do jogo, com 19 pontos.

A bicampeã olímpica, Thaísa foi escolhida a melhor central, a Craque da Galera, homenagem simbólica eleita pelo torcedor e, de quebra, foi a MVP da competição. Pri Daroit foi uma das melhores ponteiras. Além disso, o trabalho do técnico italiano Nicola Negro, foi reconhecido com o troféu de melhor técnico da Superliga.

Ficha técnica:

Itambé/Minas: Macrís, Danielle Cuttino, Pri Daroit, Megan, Thaisa, Carol Gattaz e Léia (líbero). Entraram: Pri Heldes, Kasiely e Camila Mesquita. Técnico: Nicola Negro.

Dentil/Praia Clube: Claudinha, Brayelin Martinez, Michelle, Carol, Walewska, Fernanda Garay e Suelen (líbero). Entraram: Rosane, Monique, Mari Paraíba, Anne e Angélica. Técnico: Paulo Coco.
Árbitros: Débora Santos e Flávio Campos.

Final Superliga Feminina

1º/4 – Itambé/Minas (1 x 3) Dentil/Praia Clube – Saquarema (RJ) –  (21/25, 12/25, 25/21 e 22/25)
3/4 – Dentil/Praia Clube (1 x 3) Itambé/Minas – Saquarema (RJ) – (19/25, 25/20, 25/27 e 23/25)
5/4 – Itambé/Minas (3 x 2) Dentil/Praia Clube – Saquarema (RJ) – (25/17, 13/25, 12/25, 25/18 e 15/11)

Seleção da Superliga também recebeu premiação após o jogo final

Fotos: Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Fonte: Agência Brasil/ Minas Tênis Clube

Confira outras notícias (AQUI)

Mais Notícias