Junho Violeta: alerta para prevenção de doença dos olhos que afeta principalmente adolescentes

Quase 100% dos casos são diagnosticados dos 13 aos 18 anos.

Da Redação | 07/06/2021

Este mês é marcado pela campanha Junho Violeta que faz um alerta sobre os perigos do Ceratocone – doença que afeta a estrutura da córnea, a camada fina e transparente que recobre a parte colorida dos olhos. O Ceratocone se caracteriza pelo afinamento e aumento na curvatura da córnea, deixando de ser curva e adquirindo a forma de um cone.

Conforme explica o dr. Rafael Canhestro, especialista do Centro Oftalmológico de Minas Gerais, essa doença é a causa da maioria dos transplantes de córnea. E, quando não é diagnosticada prematuramente, pode levar a diversos problemas de visão, principalmente o embaçamento da visão, a miopia e o astigmatismo.

O hábito de coçar os olhos é uma das causas principais e pode vir acompanhada de desconforto visual, dores de cabeça e sensibilidade exagerada à luz.

Um dos aspectos mais importantes da prevenção é que o Ceratocone se manifesta em quase 100% dos casos durante a adolescência, especialmente dos 13 aos 18 anos. Com isso, a doença dificulta ou mesmo impede o jovem de realizar atividades esportivas, intelectuais e pode prejudicá-lo na sua preparação e entrada ao mercado de trabalho, incapacitando-o para a leitura ou a direção de veículos, por exemplo.

Por estas razões, Dr. Rafael Canhestro alerta que o diagnóstico precoce é fundamental para reduzir o impacto e melhorar a qualidade de vida das pessoas nesta etapa tão importante da vida.

Fonte: Dr. Rafael Canhestro, CRM 47690, médico do Centro Oftalmológico de Minas Gerais

Foto: Divulgação

Confira outras notícias (AQUI)

Mais Notícias