Inverno: 7 dicas de cuidados para a pele

Nova estação começou aos 32 minutos desta segunda-feira, 21 de junho.

Da Redação | 21/06/2021

O clima mais ameno e seco, típico da estação, acaba afetando a integridade da pele e demandando cuidados específicos. 

“Nessa estação, tanto o rosto quanto o corpo costumam ficar mais ressecados”, afirma a dermatologista Karla Lessa. “Além disso, transpiramos e produzimos menos sebo nesse período, o que leva a uma redução do manto lipídico. Com o enfraquecimento dessa barreira, as consequências são coceiras, irritação, descamação e até fissuras, se a pele não for devidamente tratada.”

A médica aponta sete dicas valiosas de cuidados para a pele no inverno. Anote e inspire-se:

1 – Evite banhos longos e muito quentes

A água quente não é indicada para a saúde da pele. “Isso porque retira parte da camada protetora da epiderme, o que provoca ressecamento, coceira e um aspecto mais áspero na pele”, descreve.

2 – Não exagere na limpeza

Como a pele já fica mais ressecada durante o outono e o inverno, o ideal é não lavar o rosto mais de duas vezes ao dia. Karla explica:

“O excesso da higiene facial altera o nível de proteção da pele e gera um aumento da produção de oleosidade. Aumentando a oleosidade, a pele fica mais suscetível ao ressecamento por um ‘efeito rebote’”, comenta.

“Evite também se ensaboar demais e usar buchas, que também contribuem para alterar a composição do manto hidrolipídico. O manto é um hidratante produzido pelo organismo para proteger a pele”, acrescenta.

3 – Capriche na hidratação do corpo inteiro

Um truque para ter uma pele sempre macia é adicionar um pouco de óleo ao seu hidratante preferido.

“O óleo pode ser de sua preferência. Com essa misturinha, o hidratante vai repor a água perdida e o óleo não vai deixar essa água sair, deixando a pele mais hidratada.”

4 – Não deixe de lado o uso do protetor solar

Muita gente abandona o protetor solar durante o inverno porque pensa que sua aplicação não é necessária em dias nublados e chuvosos. Mas, segundo a dermatologista, o uso do protetor deve ser diário. 

“O sol pode estar com raios mais enfraquecidos ou até escondidos por trás das nuvens, mas ele ainda está presente, impactando a saúde da sua pele sem que você perceba. Além de aplicar no rosto, também passe o produto em regiões como o pescoço, orelhas, nuca e dorso das mãos”, recomenda.

5 – Cuide da alimentação

Alguns alimentos são super benéficos nessa época do ano, de acordo com a profissional. 

“O ideal é comer hortaliças e vegetais como brócolis, repolho e cenoura, além de frutas ricas em vitamina C, como morango, laranja, mexerica e limão. São alimentos que neutralizam os radicais livres, prevenindo o envelhecimento da pele”, aconselha.

“As oleaginosas, como castanhas, nozes e amêndoas, também devem ser consumidas nesse período, pois são fontes de vitamina E, selênio e antioxidantes – importantes aliados para manter a pele saudável e bonita.” 

A dermatologista também chama a atenção para alimentos que contêm isoflavonas na composição, como semente de linhaça e farinha de soja. “Por serem substâncias que evitam o ressecamento e melhoram a elasticidade da pele, são itens incríveis para serem acrescentados à dieta nessa época.”

6 – Reforce o cuidado dos lábios

A hidratação dos lábios costuma ser negligenciada com frequência, mas é no inverno que ela se torna mais constante. “Intensifique os cuidados nessa região do rosto. Para evitar a descamação e possíveis fissuras labiais, aposte em um hidratante labial com FPS para manter os lábios sempre saudáveis”, indica.

7 – Aproveite para intensificar os tratamentos

O inverno é o momento ideal para realizar alguns tratamentos dermatológicos que requerem que o paciente evite a exposição ao sol. 

“É a estação mais indicada possível para fazer peelings, laser, microneedling, fios de PDO, enzimas lipolíticas, bioestimuladores de colágeno corporais, entre outros. Mas não se automedique. Procure seu médico para indicar sempre os melhores produtos para o seu tipo de pele”, completa.

Mais Notícias