International Foundation Program na Inglaterra

Aqueles que terminam o ensino médio no Brasil terão que, obrigatoriamente, fazer um ano extra antes de entrar em uma universidade no Reino Unido.

Paula Starling | 28/05/2021

Um dos países que durante a pandemia tem sido uma opção interessante para os brasileiros é a Inglaterra. Apesar do Brasil estar na chamada “Red List” ou “Lista Vermelha” – que proíbe a entrada de pessoas que estiveram no Brasil nos últimos 14 dias anteriores à entrada no Reino Unido – existem algumas exceções à essa regra. E uma delas é para os portadores da permissão de residência na Inglaterra. 

O visto de estudante dá direito à permissão de residência e, portanto, aqueles que tiverem o visto de estudante poderão entrar no país seguindo algumas exigências do governo, como quarentena obrigatória e realização de dois testes PCR no segundo e oitavo dia após a chegada. Além de outras exigências antes do embarque. 

Se você quer mesmo estudar na Inglaterra, saiba que então é possível (pelo menos até agora) e com organização e antecedência iniciar os seus estudos, quem sabe, na próxima data de início, em setembro 2021. O que muitos não sabem é que, diferentemente do Brasil, onde temos 12 anos de escolaridade, na Inglaterra, são 13 anos antes de se ingressar em uma universidade. Com isso, aqueles que terminam o ensino médio no Brasil terão que, obrigatoriamente, fazer um ano “extra” antes de entrar em uma universidade no Reino Unido. Esse “ano extra” é o famoso International Foundation Program ou IFP.

E mesmo que você não tenha a certeza que quer fazer universidade fora, mas já terminou o ensino médio, esse programa também pode ser uma ótima opção para você. Seria quase como um Gap Year. 

Considerada uma das melhores boarding schools da Inglaterra, a DLD College em Londres oferece um IFP bastante diferenciado, onde a escolha das matérias será baseada nos seus interesses e na área em que você pretende estudar no ensino superior. 

O programa IFP da DLD é bastante intensivo e acadêmico e oferece aos estudantes internacionais a possibilidade de acesso direto a diversas universidades no Reino Unido. Diferentemente de outros programas, este não limita o estudante a uma escolha entre uma ou duas universidades parceiras. Isso significa que o estudante tem a liberdade de escolha entre diversas instituições, incluindo algumas das melhores do grupo Russell.   

A diversidade de matérias é enorme. Alguns exemplos: Arte, Ciências biomédicas, Negócios e Economia, Gerenciamento & Economia, Computação e Matemática, Arte criativa, Engenharia, Ciência Ambiental, Gerenciamento de Moda, Humanas, Matemática e Economia, Medicina, Ciências, Ciências Sociais e Esportes

A DLD possui um acordo exclusivo com o Instituto Marangoni de Londres, Milão e Paris para os seus alunos do programa de Gerenciamento de Moda e Arte. E o programa de Medicina é aceito pela Universidade Central Lanchashire (UCLan), Aston University, e St George’s University Granada.

Corra que ainda dá tempo, se você ou seu filho tem entre 17 e 21 anos e já terminou o ensino médio no Brasil, o IFP pode ser o programa perfeito para ele nesse momento. 

Mais informações com a Intervip: (31) 3221 8688 ou mande um Direct [email protected]

Mais Notícias