Hermes Pardini cria prêmio para reconhecer gentileza

Prêmio Meu Vizinho Pardini de Gentileza Comunitária, está com inscrições abertas até o esta sexta-feira, 15, para sua primeira edição.

Da Redação | 13/10/2021

Sabe aquela atitude gentil de uma vizinha, do morador da esquina da sua rua, do dono da padaria em cuidar do jardim da praça do bairro? Sabe aquela biblioteca comunitária que funciona na porta da papelaria do bairro, assim despretensiosamente, que ninguém sabe ao certo como começou, mas para onde você já destinou vários livros e já viu muita gente pegando um lá emprestado? Exemplos como esses, muitas vezes passam despercebidos.

Para dar visibilidade a essas iniciativas, reconhecer quem teve a ideia, e, ainda, estimular outras boas atitudes, o Prêmio Meu Vizinho Pardini de Gentileza Comunitária, está com inscrições abertas até o esta sexta-feira, 15, para sua primeira edição.

Qualquer um que pratique o bem, a gentileza, o altruísmo e tenha impactado a vida das pessoas por perto pode participar. Não é necessário que o dono da iniciativa se inscreva. Ele pode ser indicado por uma pessoa que conheceu sua atitude e gostaria de dar visibilidade a ela. Serão duas categorias: pessoa física ou grupo de pessoas e organizações formalmente constituídas.

Para a triagem e seleção dos finalistas, os principais critérios são isenção de ligação político ou partidária; natureza da iniciativa; abrangência na região metropolitana de Belo Horizonte; volume e perfil de pessoas beneficiadas; ineditismo e inovação; estar acontecendo neste ano (em andamento) ou ter acontecido nos últimos doze meses com impactos positivos até o momento. Os 10 projetos (5 de cada categoria) melhores pontuados por uma comissão formada por representantes da sociedade civil irão à votação popular. As três iniciativas que oferecem bem-estar para sua comunidade (rua, bairro ou região) mais votadas em cada categoria serão premiadas em dinheiro. As premiações serão de R$ 3 mil reais, R$ 2 mil reais e R$ 1 mil reais para os primeiros, segundos e terceiros lugares.

O prêmio

A essência das pequenas atitudes que geram grandes impactos hiperlocais já existe no Hermes Pardini desde 2015, quando criaram o projeto piloto de relacionamento com a vizinhança, chamado Meu Vizinho Pardini. O propósito era se conectar às regiões onde estão as lojas de atendimento ao cliente, reconhecendo seus vizinhos e criando uma rede local de bom relacionamento. 

Atendentes, colhedores, auxiliares de serviços gerais, coordenadores acostumados a cuidar dos clientes porta pra dentro foram para a rua conhecer e aprender sobre os bairros e regiões onde estavam. E assim visitavam escolas, igrejas, academias, empresas, associações comunitárias, lares de idosos, órgãos públicos, padaria e toda a rede de serviços daquela vizinhança, se apresentando, divulgando os serviços do laboratório e se colocando à disposição para qualquer informação sobre saúde e bem-estar.

As visitas se transformavam em palestras nas igrejas, tardes musicais nos lares de idosos, bate-papo na Sipat das empresas, quizz nas gincanas das escolas e mais uma série de pequenas ações de gentileza, que foram crescendo também internamente. As equipes passaram a se sentir parte daquela comunidade e a comunidade passou a enxergar naquela unidade de atendimento um ponto vivo de promoção da saúde em seu bairro.

Tem sido assim nas regiões onde o Hermes Pardini mantém unidades de atendimento ao cliente em Minas desde 2015 – BH, Contagem, Betim, Ibirité, Sete Lagoas, Pedro Leopoldo, Santa Luzia, Lagoa Santa, Vespasiano, Sabará, Caeté, Nova Lima e Ribeirão das Neves. E é esse o mesmo espírito que impulsiona agora a criação do Prêmio Meu Vizinho Pardini de Gentileza Comunitária, em parceria com a Rádio Itatiaia.

De acordo com o vice-presidente do laboratório, Alessandro Ferreira, o relacionamento com a vizinhança é uma premissa para há quase seis anos quando foi criado o Meu Vizinho Pardini – um programa que nasceu e ganhou vida na gentileza dos colaboradores das nossas unidades com as comunidades dos entornos. “Estruturamos uma grande rede de relacionamento com os nossos vizinhos. Uma visita, uma ligação, uma mensagem para conectar uma rede hiperlocal de serviços e pessoas. Agora são pessoas que se conhecem e sabem que podem confiar umas nas outras. Afinal, uma vida comunitária ativa fortalece os laços e ajuda a resistir às crises”, explicou o executivo do Hermes Pardini.

Cronograma da premiação

  • até 15/10: inscrições
  • até 26/10: triagem das iniciativas
  • De 26 a 29/10: seleção pela comissão
  • 15/11: divulgação dos finalistas
  • 16 a 24/11: votação popular
  • 1/12: premiação

Inscrições, regulamento e informações pelo site (AQUI): www.hermespardini.com.br/