Goleiro Fábio deixa o Cruzeiro após 17 anos

Aos 41 anos, o jogador chegou a 976 partidas com as cores do Cruzeiro.

Da Redação | 06/01/2022

O goleiro Fábio, ídolo do Cruzeiro, está oficialmente fora do clube. Na equipe desde 2005, o atleta não teve o concontrato renovado por mais uma temporada. Fábio e a nova diretoria da Raposa comunicaram a despedida pelas redes sociais.

Fábio teria afirmado que estava pronto a aceitar a redução salarial na casa dos 60% (atualmente recebia cerca de R$ 350 mil), como já vinha aceitando outras readequações desde o rebaixamento, em 2019, mas esta opção sequer foi dada. De acordo com o agora ex-camisa 1 do Cruzeiro, a nova direção da SAF, comandada por Ronaldo, não contava com os serviços do goleiro para além do Campeonato Mineiro deste ano.

Confira o texto:

“Com o coração apertado, com lágrimas e dor que eu preciso aceitar que não contam comigo no clube, mesmo sabendo que fiz tudo que poderia, aceitando me enquadrar no novo patamar salarial e generosamente equacionando toda dívida que o clube tem comigo, relativo a pagamentos atrasados. Mostrei total disponibilidade de negociar os débitos de anos anteriores, mas, infelizmente não fui ouvido”, diz outro trecho.

O Cruzeiro também publicou uma nota em suas redes sociais. “Chegou a hora de dizer adeus. O ídolo que por tantos anos, tantos jogos e com tanta vida nos representou embaixo das traves, como se fosse cada um de nós da Nação Celeste, não estará mais ali, em campo. Fábio tem sua trajetória indissociável da nossa história. Um capitão que honrou a camisa celeste, o que fez nossa torcida, com toda justiça, o idolatrar. Falar de Cruzeiro tem sido falar de… Fábio”, diz parte da nota oficial. 

Foto: Bruno Haddad