Fronteiras abertas

Reino Unido, Espanha, Portugal e Argentina estão entre os países que já aceitam turistas brasileiros imunizados; nos Estados Unidos restrições são mais brandas a partir de novembro.

Da Redação | 22/10/2021

Depois de ser preterido por diversos países, o brasileiro vai, aos poucos, vendo as fronteiras se abrirem, graças ao avanço da vacinação também aqui no Brasil. Desde o início de outubro, pelo menos 100 países já autorizam o acesso de turistas, desde que totalmente imunizados, que respeitem os protocolos sanitários locais e preencham documentações específicas. Uma dica importante é checar no site do Ministério das Relações Externas quais países nos aceitam. As atualizações são frequentes.

Os Estados Unidos nunca proibiram a entrada de brasileiros, desde que tivessem cumprido quarentena de 14 dias em outro país, entre eles o México. Mas a partir de novembro, vão aceitar todas as vacinas utilizadas no Brasil e sem a necessidade deste pit-stop.

Os viajantes oriundos do Brasil também têm uma entrada mais simplificada no Reino Unido já em outubro. O governo britânico removeu o país da lista vermelha, ou seja, o conjunto de países com restrições de entrada mais severas. Passageiros saindo do Brasil com destino à Inglaterra não vão precisar fazer quarentena em hotéis selecionados pelo governo.

Mas antes de viajar as pessoas completamente vacinadas precisam completar um formulário de localização de passageiros, com informações sobre sua estadia no país, além de agendar e pagar por um teste contra Covid-19, que deve ser feito no segundo dia após o desembarque. Serão considerados vacinados os passageiros completamente imunizados com as vacinas Oxford/AstraZeneca, Pfizer BioNTech, Moderna, Janssen. A última dose ou dose única precisa ter sido aplicada há mais de 14 dias.

A Espanha também reabriu suas fronteiras aos turistas brasileiros vacinados desde o dia 24 de agosto de 2021. Mas os turistas devem estar totalmente imunizados com as vacinas Pfizer, Moderna, Janssen, AstraZeneca, Sinovac e Coronavac/Butantã. Eles não precisarão apresentar RT-PCR ou fazer quarentena (não se aplica a menores de 12 anos).

Portugal aceita turistas brasileiros desde o dia 1º de setembro, mesmo os não vacinados. Uma das exigências é apresentar teste RT-PCR realizado até 72h antes do embarque ou de antígeno até 48h antes do embarque (não se aplica a menores de 12 anos). Os testes rápidos devem ter sido aprovados pelo Comitê de Segurança da Saúde da União Europeia.

A vizinha Argentina também só permite a entrada de brasileiro desde o início de outubro. O turista, no entanto, precisa apresentar teste RT-PCR negativo realizado até 72h antes do embarque (menores de 6 anos estão isentos) e certificado de vacinação completa há pelo menos 14 dias antes da chegada. É preciso preencher o formulário e possuir seguro saúde com cobertura para Covid-19.

Fotos: Pixabay