Fim de semana cultural

João Eugênio e Thiago Romano - BH Cosmopolita | 22/10/2021

Ópera Barroca inédita no Brasil

“Tolomeo e Alessandro” tem apresentação única no Grande Teatro do Palácio das Artes

A disputa entre dois irmãos pelo trono do Egito é o pano de fundo da ópera “Tolomeo e Alessandro”, que será encenada no Grande Teatro do Palácio das Artes, neste sábado, 23 de outubro, às 20h30, em apresentação única. Com música de Domenico Scarlatti e libreto de Giuseppe Capece, é a primeira vez que essa grande obra do barroco italiano é montada no Brasil.

Para quem está acostumado a assistir as montagens de ópera da Fundação Clóvis Salgado, esta tem um diferencial: por ser do período Barroco, ela traz uma estética e características diferentes das mais encenadas Óperas Românticas. Por exemplo, a música de “Tolomeo e Alessandro” fica a cargo da Orquestra Barroca Musica Figurata, que tem como grande destaque o cravo, um instrumento parecido com o piano, mas que tem uma sonoridade muito particular.

Outra curiosidade dessa ópera é que, composta em 1711, ela ficou esquecida por muito anos, pois o único registro que se conhecia era um manuscrito apenas do Ato I, preservado por um colecionador de arte de Milão. Foi apenas em 1984 que a obra completa foi descoberta em registros antigos na Inglaterra, e revelaram um compositor Domenico Scarlatti muito mais dramático e rico do que se tinha ideia até então.

Saiba mais: Ópera Tolomeo e Alessandro – Grande Teatro do Palácio das Artes; 23 de outubro, sábado, às 20h30; Ingressos (AQUI)

Foto: Divulgação JC / PA

Teatro que encanta crianças e adultos

Um dos grupos de teatro mais interessantes de Minas, o Armatrux completa 30 anos com uma programação especial para todas as idades. A festa começa neste sábado, 23, com várias atrações, a partir de 17h, no jardim do Centro de Arte Suspensa e Armatrux (C.A.S.A.), no Vale do Sol, Nova Lima. Quem começa é o espetáculo “Seu Geraldo”, que coloca no palco três bonecos: um violeiro de 73 anos, que que gosta de contar “causos”, ao lado da namorada Dona Catarina, de 81, e de Ana, sua irmã, relembram músicas antigas e surpreendem pela escolha do repertório. É uma oportunidade ótima de conhecer o trabalho do ator e diretor Eduardo Félix, que começou no Teatro de Bonecos com o Armatrux, e hoje é um dos maiores construtores de marionetes do País.

Logo depois, às 19h, é a vez de um dos trabalhos mais conhecidos da companhia mineira: “Armatrux, A Banda”, que já circulou por mais de 70 cidades brasileiras. Um grupo musical de bonecos compõe o espetáculo, com direção musical e trilha sonora de John Ulhoa (Pato Fu) e Bob Faria. Ao som de trilha sonora vibrante, os personagens DJ Montanha, Jão D’Jones, Noel, Mauí, Tenório e Mafalda Jackson ganham vida e arrebatam o público construindo um universo musical contagiante e cheio de surpresas. Boa pedida pra iniciar as crianças no mundo da música. E no mesmo dia, o Armatrux, dá um gostinho do ainda inédito “Armatrux A Banda – Novo Show”, com um documentário que abre todas as etapas do processo criativo.

As comemorações do grupo seguem até o fim do ano. No dia 6 de novembro, tem mais espetáculo, dessa vez de “Thácht”, uma tragicomédia musical premiada, e, em dezembro, o Armatrux estreia uma websérie em três episódios, que propõe releitura do espetáculo “Nightvodka”, escrito e dirigido pelo mestre Eid Ribeiro.

Saiba mais: 30 anos Armatrux – Centro de Arte Suspensa e Armatrux (C.A.S.A.), na Rua Himalaia, 69 (Nova Lima); 23 de outubro, sábado, às 17h; Informações: Instagram.com/grupoarmatrux

Krug lança Festibier em sua Oktoberfest

Uma das mais tradicionais festas do mundo, a Oktoberfest ganha versão mineira assinada pela cervejaria Krug Bier neste sábado, 23, no estacionamento do Porcão. Uma das grandes novidades da festa é o lançamento da “festbier” Oktoberfest, estilo de cerveja tipicamente consumido nas festividades anuais na Bavária. Com 5,5% de teor alcoólico e 25 IBUs, traz o equilíbrio entre o amargor dos lúpulos nobres alemães e o dulçor da complexa base de maltes caramelo. Ela é uma Lager saborosa e diferenciada, produzida pela Krug, seguindo a tradição alemã, porém trazendo a paixão e a alma mineira a cada gole”, conta Alexandre Bruzzi, sócio proprietário da marca.

Os cervejeiros de plantão já podem preparar suas taças, copos e canecas. Serão 10 tipos de rótulos e mais de 10 mil litros de chope nas biqueiras, dentre eles, os estilos Pilsen, Oktoberfest, German Pils, Amber Lager, Golden Ale, Weiss, Dunkel, American Pale Ale, IPA e Double IPA. Já entre os comes, opções como eisbein (joelho de porco), wurst (salsicha), pretzel (pão), frikadelle (bolinho de carne) e schinitzel burger (burger alemão), além das tradicionais linguiças e carnes especiais.

Para animar a Oktoberfest Krug Bier, o cardápio musical terá apresentações da Charanga Pop, conhecida pelos trajes tradicionais, pelo repertório típico alemão e por interagir com o público. Contará ainda com shows da banda Velotrol; Baile do Maguá (Brasilidades) e DJ Bruno Diaz.

Saiba mais: Oktoberfest Krug Bier 2021 – Estacionamento do Porcão BH, na Avenida Raja Gabáglia, 2671 – Belo Horizonte; 23 de outubro, sábado, entre 12h e 22h; Ingressos: instagram.com/oktoberfestkrug

Foto: Divulgação JC / Krug Bier