Filarmônica de Minas recebe o maestro Marcos Arakaki e o pianista Cristian Budu

Com presença de público na Sala Minas Gerais, Orquestra interpreta obras de Tchaikovsky e Rachmaninov.

Da Redação | 10/08/2021

O maestro Marcos Arakaki retorna ao palco da Sala Minas Gerais como regente convidado nos dias 12 e 13 de agosto, às 20h30, para presentear o público com duas obras russas impactantes. De Tchaikovsky, será apresentada sua Primeira Sinfonia. Também no repertório da Filarmônica de Minas Gerais um dos concertos para piano mais queridos e conhecidos de Rachmaninov, o Concerto para piano nº 2 em dó menor, op. 18, terá no pianista Cristian Budu o protagonista.

As apresentações terão presença de público, sendo que a venda de ingressos estará disponível somente para a apresentação de sexta-feira (13/8), a partir das 15h do dia 12, no site www.filarmonica.art.br ou na bilheteria da Sala Minas Gerais. O concerto de quinta-feira terá transmissão ao vivo aberta a todo o público pelo canal da Filarmônica no YouTube. Em função das medidas de segurança, o acesso à Sala será encerrado cinco minutos antes do horário do concerto, nas duas apresentações; assim, as portas serão fechadas às 20h25.

Durante o intervalo da apresentação serão realizados os Concertos Comentados, palestras em que especialistas comentam o repertório da noite. A curadoria do projeto é do percussionista da Filarmônica, Werner Silveira, e o convidado é Felipe Magalhães, maestro e Diretor Artístico da Orquestra Sesiminas Musicoop.

Este projeto é apresentado pelo Ministério do Turismo, Governo de Minas Gerais, CBMM, Itaú e Cemig, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Realização: Instituto Cultural Filarmônica, Secretaria Estadual de Cultura e Turismo de MG, Governo do Estado de Minas Gerais, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

A Sala Minas Gerais e os protocolos sanitários

A Orquestra Filarmônica de Minas Gerais reabriu as portas da Sala Minas Gerais. Para isso, o Instituto Cultural Filarmônica desenvolveu um protocolo sanitário que adequa o uso da Sala às medidas preventivas à transmissão da covid-19. A reabertura da Sala Minas Gerais tem respaldo em autorização emitida pela Prefeitura de Belo Horizonte.

Para receber o público na Sala Minas Gerais, foi desenvolvido e implementado, junto à médica infectologista Dra. Silvana de Barros Ricardo, um rigoroso Protocolo de Segurança, que prevê diversas restrições, como a presença de, no máximo, 393 pessoas por apresentação, o que corresponde em torno de 26% da capacidade total da Sala (1.493 lugares).

Medida gerais

  • Aferição de temperatura corporal de todas as pessoas nas portas de acesso àSala Minas Gerais. A entrada será permitida somente àqueles que apresentarem temperatura igual ou inferior a 37,5° C.
  • Uso obrigatório de máscara facial em todos os ambientes.
  • Disponibilização de álcool em gel a 70% para higienização das mãos nas áreas de circulação e nas portas de entrada da sala de concertos.
  • Intensificação da limpeza e desinfecção do ambiente com produtos aprovados pela Anvisa.
  • Sistema de ar-condicionado operante de acordo com as determinações da legislação vigente, bem como os padrões referenciais de qualidade do ar interior.
  • Redução da ocupação da Sala Minas Gerais para, aproximadamente, 30% da sua capacidade total.
  • Controle dos fluxos de entrada e saída para evitar aglomeração e garantir o distanciamento de 1,5m entre as pessoas.
  • Interdição de dois assentos entre as cadeiras disponibilizadas para o público na sala de concertos.
  • Pessoas do mesmo grupo familiar poderão ocupar, no máximo, duas cadeiras, lado a lado.

Serviço:

Ingressos:

  • R$ 50 (Coro), R$ 50 (Terraço), R$ 50 (Mezanino), R$ 60 (Balcão Palco), R$ 80 (Balcão Lateral), R$ 105 (Plateia Central), R$ 135 (Balcão Principal) e R$ 155 (Camarote).
  • Ingressos para Coro e Terraço serão comercializados somente após a venda dos demais setores.
  • Meia-entrada para estudantes, maiores de 60 anos, jovens de baixa renda e pessoas com deficiência, de acordo com a legislação.

Funcionamento da bilheteria:

  • A bilheteria funcionará em horário reduzido.
  • De terça-feira a sábado – 13h a 19h
  • Terça, quinta e sexta-feira com concerto – 15h a 21h

Cartões e vale aceitos:

  • Cartões das bandeiras American Express, Elo, Hipercard, Mastercard e Visa.
  • Vale-cultura das bandeiras Ticket e Sodexo.

Foto: Daniela Paoliello