Filarmônica de Minas lança temporada 2021

A abertura da nova temporada será nos dias 4 e 5 de março, em concerto regido pelo maestro Fabio Mechetti e que terá como solista o Principal Contrabaixista da orquestra, Neto Bellotto

Da Redação | 01/12/2020

Cultura. Novos encontros, ritmos e harmonias. Esses são os elementos que se pode esperar na temporada 2021 da Filarmônica de Minas Gerais. O anuncio, feito feito pelo próprio Diretor Artístico e Regente Titular da Filarmônica, maestro Fabio Mechetti, no canal da Orquestra no YouTube contou com uma apresentação sobre a programação pensada para a nova temporada. No mesmo dia foi aberta a Campanha de Assinaturas, por meio da qual o público poderá adquirir, antecipadamente, ingressos para todo o ano.

“O ano de 2020 foi de profundas mudanças e incertezas. Contudo, uma certeza se consolidou em nossa sociedade: a relevância da cultura, especialmente da Música, como força de consolo, apego, superação e valorização daquilo que é essencialmente humano. Em um mundo onde transformações ocorrem da noite para o dia, estabeleceu-se o desejo universal de uma ‘volta à normalidade’. É com esse espírito, e cientes do papel crucial que tivemos durante os meses obscuros pelos quais passamos, que trazemos a vocês um sinal concreto de esperança, manifestada na divulgação da Temporada 2021 de nossa Filarmônica”, ressalta Fabio Mechetti.

Segundo Mechetti, três celebrações importantes nortearam boa parte do repertório escolhido: os 50 anos da morte de Stravinsky, os 100 de Camille Saint-Saëns e os 125 de Carlos Gomes. Outra novidade, conta ele: “Em respeito ao público e aos assinantes, vamos repetir as sinfonias de Beethoven ao longo da Temporada 2021. A Nona Sinfonia, obra de Beethoven sempre esperada, será apresentada pela Filarmônica de Minas Gerais em concerto especial, fora da programação de assinaturas. As datas serão anunciadas mais tarde”.

Destaques da programação 2021

A abertura da nova temporada será nos dias 4 e 5 de março, em concerto regido pelo maestro Fabio Mechetti e que terá como solista o Principal Contrabaixista da orquestra, Neto Bellotto. O programa terá a célebre e revigorante Quinta Sinfonia de Beethoven e o desafiador Concerto nº 1 de Bottesini, nos 200 anos do compositor italiano.

Em 2021, a Filarmônica de Minas Gerais celebra os 50 anos de morte de Stravinsky, os 75 anos da morte de Falla, os 100 anos da morte de Saint-Saëns, os 100 anos da morte de Humperdinck, os 125 anos da morte de Carlos Gomes e os 200 anos de nascimento de Bottesini.

Em homenagem a Stravinsky, será apresentado, em concerto único, os três balés do compositor russo que revolucionaram a música no início do século XX: O pássaro de fogo: Suíte; Petrushka e A Sagração da Primavera.

Dentre os destaques da programação estão o aniversário de Saint-Saëns, com sua Sinfonia nº 3, “Órgão”, seu Concerto para violino nº 3 e outras obras; a Sinfonia nº 2 de Rachmaninov; as aberturas de Carlos Gomes, que serão gravadas em parceria com o selo Naxos; a “Inacabada” e a “Grande”, de Schubert; Um réquiem alemão, a Canção do destino e a Quarta Sinfonia de Brahms. A estreia mundial da obra do vencedor do Festival Tinta Fresca 2019, Igor Maia, e as Cartas Portuguesas, obra do compositor carioca João Guilherme Ripper, com regência do maestro Roberto Tibiriçá, participação da soprano Camila Titinger e direção de cena de Jorge Takla. A obra estreou na Osesp, em agosto de 2020, sem a presença de público.

Na Temporada 2021, a série Fora de Série contará, em nove concertos, a história da evolução da orquestra ao longo de quatro séculos: Orquestra barroca, Orquestra pré-clássica, Orquestra clássica, Orquestra romântica I, II e III, Orquestra Moderna I e II e a Orquestra contemporânea.

Convidados 2021

A Filarmônica de Minas Gerais oferece assinatura para cinco séries de concertos: Presto e Allegro (realizadas às quintas-feiras), Veloce e Vivace (realizadas às sextas-feiras) e Fora de Série (aos sábados).

Haverá presença de jovens solistas, como Leonardo Hilsdorf, Ronaldo Rolim, Lucas Thomazinho, Carmelo de Los Santos, Camila Titinger, Luisa Francesconi, Leonardo Neiva e Ana Lucia Benedetti; de regentes brasileiros convidados, como Luís Gustavo Petri, Roberto Tibiriçá, Marcos Arakaki, Roberto Minczuk, Cláudio Cruz e Marcelo Lehninger; de brasileiros consagrados internacionalmente, como Antonio Meneses, Arnaldo Cohen, Cristian Budu, Ricardo Castro e Fábio Zanon; além do violinista Vadim Gluzman, da pianista Juliana Steinbach e dos pianistas Jean-Louis Steurmann e Benedetto Lupo, e da vencedora do mais recente concurso Rainha Elizabeth da Bélgica, a violinista Stella Chen.

O ano será especial, também, pela “prata da casa”, com músicos e musicistas da Filarmônica de Minas Gerais, que ganham destaque na programação 2021, como o contrabaixista Neto Belloto, o oboísta Alexandre Barros, a flautista Cássia Lima, o violinista e spalla associado Rommel Fernandes, o violoncelista Philip Hansen, o violista Mikhail Bugaev, a harpista Clémence Boinot, o clarinetista Marcus Julius Laender, o violista João Carlos Ferreira e os violoncelistas Robson Fonseca e Lucas Barros.

Gravação

A Filarmônica de Minas Gerais continuará sua parceria com o Itamaraty e o selo internacional Naxos no projeto Brasil em concerto, que prevê o lançamento, em 5 anos, de 30 CDs com 100 obras de compositores brasileiros. Em 2021, a Filarmônica gravará dez aberturas e trechos de ópera do compositor Carlos Gomes (Campinas, 1836 – Belém, 1896).

O CD Almeida Prado – obras para piano e orquestra, com Fabio Mechetti e Sonia Rubinsky, gravado na Sala Minas Gerais em 2019 e lançado neste ano pelo selo internacional Naxos, em parceria com o Itamaraty, foi indicado ao Grammy Latino 2020.

Filarmônica Digital

A Filarmônica segue seu projeto de difusão da música de concerto em ambiente digital, por meio da realização de várias ações em suas redes sociais e no canal do YouTube. Entre elas, a produção e veiculação de documentários e podcasts, veiculação de conteúdos educacionais e transmissões ao vivo de concertos, direto da Sala Minas Gerais.

Foto: Daniela Paoliello

Mais Notícias