Exposição transforma máscaras em suporte poético

Desta vez, além das obras anteriores composta por 40 artistas, o projeto reúne o trabalho de mais 20 novos artistas independentes, totalizando 60 obras.

Da Redação | 13/05/2021

A pandemia causada pelo Coronavírus trouxe novas maneiras de interações sociais, mas também reforçou a importância da arte e criou novas formas de expressão. A prova disso é a MascarArte que se tornou um movimento artístico e já está na sua terceira edição. Dessa vez, o evento acontece em formato presencial e virtual, até sábado, 15.

A exposição, que começou no primeiro ano da pandemia em 2020, conta com artistas do Libertas Coletivo de Arte que fizeram interferências sobre máscaras de proteção individual, transformando-as em suporte para suas poéticas.

Muito bem acolhida pelo público e pela mídia, Mascararte cresceu, saiu da galeria de arte de Belo Horizonte Casa J, onde inaugurou presencial e virtualmente, passou presencial na pela Escola Casa Aristides de Nova Lima e chega agora presencial ao Ponteio Lar Shopping.

Desta vez, além das obras anteriores composta por 40 artistas, o projeto reúne o trabalho de mais 20 novos artistas independentes, totalizando 60 obras.

A curadoria é de Marcos Esteves e Paulo Apgáua, e a expografia dos dois primeiros. Vale dizer que as máscaras de proteção individual foram desenvolvidas e produzidas por Rafael Medeiros com sua grife Bird of Prey. Já a Quadro a Quadro Arte e Molduras apoiou com a produção das molduras e instalação da exposição.

Serviço:

  • MASCARARTE 3 EDIÇÃO (Exposição Presencial e virtual)
  • Até 15 de maio de 2021 de 14 às 20h – Gratuito
  • PONTEIO LAR Shopping – 1 piso BR 356, 2500 – Belo Horizonte – MG Brasil
  • Virtual (AQUI)
  • Apoio: Libertas Coletivo de arte e BIRD Of PREY
  • Fotos: Samuel Mendes

Mais Notícias