Estilo e preço diferenciam versões disponíveis para o X3 híbrido 

Com tecnologia de auxílio à condução de série, modelo da BMW sugere melhor uso de motor elétrico na cidade e a combustão na estrada.

Da Redação | 08/10/2021

A BMW também está ligada na eletrificação de seus produtos à venda no Brasil e anuncia a importação do novo BMW X3 híbrido plug-in, disponível em três versões. O trio é parecido esteticamente e apenas alguns detalhes de estilo e conteúdo – além dos preços – os diferenciam 

De igual, os três têm a grade de duplo rim está ligada por uma moldura única, faróis afilados, lanternas em LED com desenho tridimensional e filetes que seguem o formato de uma pinça. 

As diferenças estão nos valores de cada uma das versões. O X3 xDrive 30e X-Line tem preço sugerido de R$ 399.950,00, o X3 xDrive30e M Sport R$ 439.950,00 enquanto o X3 xDrive30e M Sport Launch Edition sai a R$ 449.950,00. 

O estilo também é diferenciado.O X3 xDrive30e X-Line tem visual aventureiro e traz detalhes de alumínio nos para-choques e soleiras, toques que remete às proteções off-road. O novo para-choque dianteiro tem entradas de ar verticais nas pontas. Já o para-choque traseiro exibe uma moldura que envolve as saídas de escapamento. Os faróis full led são de série nessa versão. As rodas de liga-leve Y Spoke são de 20 polegadas e calçam pneus de medida diferentes na dianteira (245/45) e na traseira (275/40). 

Já o X3 xDrive30e M Sport aposta no estilo esportivo, com detalhes em preto High Gloss na grade, para-choques e moldura dos vidros. O para-choque dianteiro tem contorno demarcado por vincos e as saídas de ar nos para-lamas frontais ficam logo abaixo da tampa da tomada de recarga. O para-choque traseiro traz saídas de ar laterais e molduras das saídas dupla de escape no mesmo tom preto dos demais detalhes. Outra diferença é o uso de faróis Laserlight, cuja iluminação chega a 650 metros de distância. As rodas aro 20 são Double-spoke e usam pneus com a mesma medida da outra versão. 

A versão X3 xDrive30e M Sport Launch Edition, por sua vez, apresenta grade frontal preta e volume limitado de unidades. 

Também é comum às três configurações do X3 híbrido a tecnologia de condução. Há duas unidades de propulsão que podem ser utilizadas simultaneamente ou separadamente. 

O X3 xDrive30e conta com a combinação de dois motores para gerar força plena e oferecer economia de combustível. O propulsor a combustão é o 2.0 TwinPower Turbo de 184 cv e 350 Nm de torque, que recebe a força plena do motor híbrido para gerar a potência combinada de 292 cv e chegar a 420 Nm de torque total. Os motores são associados ao câmbio automático de oito marchas. Ele acelera de 0 a 100 km/h em 6,1 segundos. 

Seu motor elétrico pode movimentar o modelo até a autonomia estimada de até 46 quilômetros (ciclo WLTP) ou até 55 quilômetros (NEDC) no modo eDrive, que também permite atingir até 135 km/h. No modo Auto eDrive, dá para atingir até 110 km/h com propulsão elétrica. O tempo de recarga no Wallbox (0 a 100%) é de três horas. No carregador portátil de 120V são cerca de nove horas, tempo que baixa para 5h30 com 220V. 

O modo Battery Control permite recarregar o veículo através do motor a combustão e manter a carga desejada para as baterias entre 30% e 100%. Assim, o veículo é movido, principalmente, pelo motor a combustão até atingir o nível desejado das baterias. 

Com segurança avançada, o BMW X3 X-Line vem com assistentes de direção como o Parking Assistant (baliza automática), sensor de ponto cego (com prevenção de colisões traseiras), alerta de mudança de faixa (com correção automática) e aviso de tráfego cruzado. Também são de fábrica ar-condicionado de três zonas, sistema de som Hi-Fi, teto solar panorâmico, bancos esportivos revestidos de couro, além de seis airbags e controles de tração e de estabilidade. 

O BMW X3 M Sport, por sua vez, acrescenta o pacote M Sport de design e suspensão, acabamentos interno e externo em preto High Gloss, faróis Laserlight e sensor 3D para interpretar os gestos do motorista e do passageiro para controlar funções específicas, tal como aumentar ou diminuir o volume (basta girar o dedo para esquerda ou direita) e rejeitando chamadas (só é necessário apontar o dedo para a tela e abanar a mão para a direita). 

FOTOS / Divulgação JC / BMW