Celma Albuquerque Galeria de Arte apresenta a exposição “Conversas Diplomáticas”

Da Redação | 08/12/2020

Com o objetivo de aproximar trabalhos de vários artistas, seja por semelhanças ou diferenças, sempre na busca de reverberações dialéticas, a mostra “Conversas Diplomáticas”, fica em cartaz até o dia 12 de dezembro e promete encantar o público.

Marcado pela curadoria da galerista Flávia Albuquerque, a exposição está disponível na Celma Albuquerque Galeria de Arte e dá início a uma série de exposições coletivas relacionadas, que têm como base a conversa entre os artistas.

“No momento em que a comunicação interfere em todas as outras relações, a exposição propõe propõe uma reflexão sobre a verdade, ou verdades, visto que essa palavra não pode mais ser lida no singular”, explica Flávia Albuquerque.

A galeria elegeu Conversas Diplomáticas”, obra de Laura Belém, como ponto de partida para criar redes de conexões com outros artistas: Alan Fontes, Alessandro Lima, Beth Jobim, Bruno Vilela, Daniel Bilac, Daniel Escobar, Flávia Bertinato, Izaura Pena, João Castilho, Jose Bechara, Laura Belém, Leda Catunda, Liliane Dardot, Manoel Carvalho, Marcelo Moscheta, Nazareno Rodrigues, Nuno Ramos, Pedro Motta, Roberto Bethônico, Rochelle Costi, Tatiana Blass e Vanderlei Lopes.

Serviço:

  • Exposição: “Conversas Diplomáticas”
  • Quando: Até 12 de dezembro
  • Horário: De segunda a sexta: 10h à 19h – Sábado de 10h às 13h
  • Endereço: Rua Antonio de Albuquerque, 885
  • Telefone: 31- 3227-6494

Foto: Flávia Albuquerque/ Divulgação

Mais Notícias