Banco do Brasil anuncia reestruturação para economizar até 2025

Instituição vai fechar, a partir deste ano, 112 agências e cortar cerca de 5 mil funcionários.

Da Redação | 12/01/2021

Logo do BB

O Banco do Brasil irá, a partir deste ano, fechar 361 unidades de atendimento – sendo 112 agências – em todo o País e cortar até 5 mil funcionários, através de um plano reestruturação. O objetivo da medida é economizar R$ 2,7 bi até 2025.

Até o próximo dia 5 de fevereiro, o número final de adesões, assim como o impacto financeiro, serão informados ao mercado.

Chamado de Programa de Adequação de Quadros (PAQ), visa otimizar a distribuição da força de trabalho e equacionar as situações de vagas e excessos nas unidades do banco, segundo o BB.

Além da opção de desligamento, o PAQ incentiva movimentações laterais para unidades onde existam vagas.

Outra opção disponibilizada é o Programa de Desligamento Extraordinário (PDE), disponível a todos os funcionários do BB que atenderem aos pré-requisitos e é específico para o incentivo ao desligamento, com limite de 5 mil adesões.

De acordo com o Banco do Brasil, os programas possuem regulamentos específicos que estabelecem as regras para adesão. Em ambos os casos, a adesão é voluntária e de caráter pessoal.

Adequação

Em julho de 2019, o Banco do Brasil já havia anunciado um plano de desligamento incentivado para promover adequação nos quadros de funcionários, além de regularizar vagas e excessos em dependências e praças, otimizando a distribuição da força de trabalho nas unidades. Aderiram ao PDV 2.367 funcionários.

Em setembro de 2020, de acordo com último balanço de resultados, o Banco do Brasil tinha 92.106 funcionários, queda de 1,9% em relação a setembro de 2019 (93.872).

Foto: Banco do Brasil / Divulgação

Leia mais sobre Economia aqui.

Mais Notícias