AutoMAIA: a trajetória do empresário apaixonado pelo ramo automotivo

Da Redação | 02/06/2021

O jovem empresário Flávio Maia, de 38 anos, é um dos principais nomes na revenda de carros seminovos em Belo Horizonte. Isso se deve, entre outras coisas, ao amor e muito trabalho no ramo automotivo. Ao longo de sua trajetória, os caminhos percorridos na vida e na profissão o levaram a fundar a AutoMAIA Veículos, nascida em na capital mineira em 2016.

Flávio Maia é graduado em administração de empresas pela PUC  Minas, tem MBA em projetos pela Fundação Dom Cabral e outro em finanças pelo IBMEC. Desde 2018 é também diretor de planejamento e marketing da Associação dos Revendedores de Veículos de Minas Gerais (ASSOVEMG).

Por muitos anos, trabalhou no setor de telecomunicações. Ingressou aos 17 anos no grupo Telemar, como atendente de telemarketing, onde permaneceu por 14 anos, deixando depois a empresa como um dos executivos do grupo Contax.

“Gosto muito de dirigir, saber das novidades. Trocava de carro no máximo de seis em seis meses”, diz. Encantamento que deu o impulso para o novo prumo que teria início em 2013. Depois de deixar a atividade em telecomunicações, começou a comprar e vender automóveis, por conta própria.

Em 2015, Flávio tinha vendido sozinho 166 carros. “Ao sair da área de telecomunicação, o sonho começou a virar realidade. Comprava e vendia carros na garagem do meu apartamento em Belo Horizonte. Cheguei a alugar 11 vagas de garagem no prédio onde eu morava”, lembra.

À medida que a nova atividade foi ganhando corpo, Flávio alugou um estacionamento na Lagoinha, um dos bairros mais antigos da capital mineira, onde nasceu e viveu até os 19 anos. A reformulação sobre o negócio seria o passo seguinte.  Flávio visitou mais de 100 imóveis até encontrar um espaço de subsolo em um prédio entre a Avenida Amazonas e a Rua Ouro Preto, em BH. Ele abriu a loja em formato sala com estacionamento e, assim, nascia a AutoMAIA Veículos. 

No princípio, Flávio assumiu a empreitada com outros dois colaboradores. Ele se lembra da loja instalada no último imóvel, em uma rua sem saída. Ali, a AutoMAIA experimentou anos de prosperidade, se tornando conhecida devido ao ousado plano de mídia coordenado por seu comandante.

O talento logo fez a empresa crescer e o espaço foi ficando pequeno. “Começamos a precisar de um lugar maior, de estacionamento para receber os carros em avaliação. Não cabia mais ali”, rememora. Neste movimento de ampliação da marca, encontrou o lugar ideal para a construção da nova sede.

A loja agora ocupa um imóvel na Avenida Amazonas, no Barro Preto, com mais visibilidade, e faz jus ao crescimento do negócio. O ambiente de 800 metros quadrados, de frente para a avenida, muito mais que um showroom, é um lugar onde os traços arquitetônicos modernos se sobressaem para oferecer ao cliente uma experiência completa, de comodidade e bem-estar. Valores que se somam à escolha pelo carro.

Nas instalações, lounge de convivência, espaço para café, jardim vertical, fraldário, espaço pet, e muito mais. Tudo para receber o cliente e sua família quando o momento da realização desse sonho, a hora de ter um carro, acontece. “A experiência com o cliente não se encerra no momento do negócio. Pelo contrário, começa aí. É preciso cuidar desse cliente. Quando precisar de um novo serviço ou produto, a ideia é que sejamos sua primeira opção. O foco é o seu bem-estar. Despertar emoção”.

Sucesso da AutoMaia

A AutoMAIA conta hoje com 22 funcionários e é uma das revendas de veículos mais conhecidas na cidade. Um direcionamento central do trabalho são os processos digitais. Somando todas as redes digitais, a empresa contabiliza mais de 100 mil seguidores e, em média, 800 mil clientes por mês têm contato com a marca partindo de alguma plataforma digital.

Em 2019, a AutoMAIA foi considerada empresa destaque do segmento pela ASSOVEMG. “Com apenas quatro anos de existência, já negociamos mais de 5 mil carros”, diz Flávio Maia.

Para ele, o sucesso do negócio está ligado ao foco da empresa em carros 100% selecionados e a uma gestão baseada em quatro pilares: cultura organizacional forte, gestão humanizada, decisões baseadas nos números, profissionais altamente especializados e focados no cliente. “Como desafio para os próximos anos, a AutoMAIA quer se consolidar como a melhor opção em Minas Gerais para compra ou venda de um veículo seminovo”, projeta o empresário.

Flávio Maia lembra que o segmento de veículos seminovos registra crescimento positivo todos os anos, o que vem de décadas. Trata-se de um nicho de mercado que praticamente não passa por crises – sempre tem alguém querendo trocar de carro. “Se as contas apertam, você pode trocar por um modelo mais barato. Passado algum tempo, as coisas melhoram e você faz um upgrade, comprando um carro melhor. E assim o mercado vai girando”, observa.

A cereja do bolo

A pandemia, que traz muitos aspectos negativos, em algumas situações também evidencia oportunidades. É o que acontece no mercado de seminovos. É um ramo beneficiado com a crise do coronavírus, e Flávio Maia identifica dois motivos para tanto: a escassez de carro zero no mercado tem feito o cliente optar por outro modelo seminovo e, com o isolamento social, muitas pessoas que preferiam se deslocar via aplicativos começaram a migrar para o carro próprio – o carro virou barreira sanitária. “Os números dos quatro primeiros meses do ano mostram isso. Crescimento de 40,7% quando comparamos com 2020”, diz Flávio Maia.

E qual a receita para um negócio tão bem sucedido, ainda mais em apenas quatro anos de existência? “Um negócio só prospera se você faz algo que vai superar as expectativas do público consumidor. Tem que inovar, fazer diferente e criar processos que visem o cliente. O cliente quer comodidade e o digital veio pra ficar”, dá a dica o empresário, salientando que a transparência nas relações é a base para qualquer negócio. “Aqui na AutoMAIA isso sempre foi prioridade máxima. Conseguimos criar uma cultura organizacional forte, e voltada para o cliente”, acrescenta.

Para onde se olha, em todos os cantos da empresa tem um quadro que referencia “Nosso Jeito de Ser”. Todas as surpresas do dia a dia precisam ser tratadas como os princípios escritos nesse quadro. “Também somos extremamente rigorosos com nossos processos. Eles complementam a ‘receita do bolo’ para a satisfação do cliente”, continua Flávio Maia.

Alto padrão de qualidade

O empresário cita outro grande desafio na AutoMAIA: a reposição do estoque, mantendo o atual padrão de qualidade dos carros. Curiosamente, na estrutura da empresa, ele explica, há mais profissionais voltados para compra de veículos do que na área de vendas.

A média de quilometragem dos carros hoje na AutoMAIA não chega a 25 mil quilômetros rodados, e encontrar este padrão de carro não é fácil. Mais de 60% do estoque é vendido em até sete dias – como analisa Flávio Maia, esse perfil de carro se vende sozinho.

“Não temos os carros mais baratos do mercado, mas a qualidade é imbatível. Queremos nos posicionar como a primeira opção para vender ou para comprar um carro 100% selecionado. Um dos itens que está em nosso ‘jeito de ser’ é que, aqui, os clientes podem fazer negócio de olhos fechados. Trabalhamos muito forte para que isso ocorra na ponta.”

Para Flávio, cada carro é único. Pode ser o mesmo modelo, a mesma cor, a mesma quilometragem, mas nunca é igual – tem toda uma história por trás. E, para quem procura raridades, a AutoMAIA é o lugar certo. “Costumo dizer que eu brinco de comprar e vender carro. É uma diversão”, finaliza.

Fotos: AutoMAIA/Divulgação

Confira outras notícias sobre a AutoMAIA (AQUI)

Mais Notícias