Africa Twin muda a cara e o coração

Com tecnologias inéditas, nova geração da motocicleta da Honda ganha motor mais potente e com maior torque

Da Redação | 27/05/2021

A nova geração da Africa Twin, totalmente renovada estética e tecnologicamente, chegam às lojas do Brasil a partir do segundo semestre. São quatro versões que custam entre R$ 70.490,00 a R$ 96.626,00. A CRF 1100L, CRF 1100L DCT, opções que se caracterizam pelo tanque de combustível de 18,8 litros de capacidade, e as CRF 1100L Adventure Sports ES e CRF 11000L Adventure Sports ES DCT, com tanque de 24,8 litros. 

Os modelos têm sistema de acelerador eletrônico TBW – Throttle By Wire -, juntamente com a extensão dos modos de pilotagem, mais opções no sistema de controle de tração HSTC – Honda Selecteable Torque Control. Há outros itens de tecnologia relacionados à adoção de uma unidade de controle inercial, chamada de IMU (Inertial Measurement Unit).

A adição da IMU possibilitou gerenciar os sete níveis do sistema de controle de tração (HSTC), e outras funções da moto. Entre elas estão: antiwheelie em três níveis, o Cornering ABS otimizado para curva (com configuração off-road) e o controle de elevação da roda traseira. 

Segundo a Honda, as motos estão menores, mais esguias e cerca de 10 quilos mais leves. Houve alteração no motor, que ganhou cerca de 12% de potência e 10% no torque, aumentos distribuídos em toda a faixa de rotação.

O chassis de aço é novo, com subchassis de alumínio, mesmo material usado na balança de suspensão traseira. Aos modos de pilotagem padrão – urban, tour e gravel – junta-se agora o modo off-road e os user com dois modos ser totalmente personalizados.  As Africa Twin Adventure Sports ES vem equipadas com pneus sem câmara e as suspensões Showa EERA ajustáveis.

A posição de pilotagem se caracteriza pelo banco redesenhado e um guidão mais alto. O quadro de instrumentos TFT em cores é sensível ao toque e tem 6,5 polegadas. Batizado de MID (Multi Information Display), oferece uma conexão direta com os diversos sistemas da moto e tecnologia Apple CarPlay e Android Auto via Bluetooth e cabo USB. 

As luzes DRL de condução diurna com LEDs aumentam a visibilidade da moto. Já o sistema de controle da velocidade de cruzeiro é equipamento de série.

A arquitetura do motor bicilíndrico paralelo SOHC de 8 válvulas permanece inalterada, mas houve incremento da capacidade: de 998 cc para 1.084 cc de cilindrada, que resultou em maior potência, que passou de 88,9 cv para 99,3 cv a 7.500 rpm. O torque máximo também subiu de 9,5 kgmf para 10,5 kgmf a 6.000 rpm. A elevação de potência e torque acontece desde 2.500 rpm.

A linha de acessórios foi ampliada. São 12 itens exclusivos, tais como top box, malas laterais, bolsa de tanque, banco rebaixado, para-brisa majorado e cavalete central, entre outros. Há ainda equipamentos para os motociclistas: jaquetas tipo parka, calça com proteções em EVA, camisetas de manga longa e curta, bonés e jaqueta corta-vento.

PREÇOS E VERSÕES

  • CRF 1100L Africa Twin (preto fosco ou vermelho): R$ 70.490,00
  • CRF 1100L Africa Twin Adventure Sports ES (branca): R$ 90.490.00
  • (*) Chegam em julho
  • CRF 1100L Africa Twin DCT (vermelho): R$ 76.804,00
  • CRF 1100L Africa Twin Adventure Sports ES DCT (branca): R$ 96.626,00
  • (**) Chegam em agosto

FOTOS / Divulgação JC / Honda

Mais Notícias