No aniversário de 113 anos, Atlético comemora cronograma em dia da Arena MRV

Com 18% da obra concluída e terraplanagem quase pronta, empreendimento cumpre as contrapartidas acertadas com os órgãos públicos.

Luís Otávio Pires | 25/03/2021

Arena MRV

O torcedor do Atlético tem motivos de sobra para celebrar os 113 anos de fundação do clube neste dia 25 de março. A Arena MRV, um dos maiores desejos dos atleticanos, tem suas obras dentro do cronograma previsto dentro e fora de campo.

Além da construção do estádio, o empreendimento cumpre as contrapartidas acertadas com os órgãos públicos. Dessa maneira, evita-se interrupções não programadas, o que poderia gerar atraso na finalização da arena, que deve ficar pronta no último trimestre de 2022.

Em dados gerais, segundo a Arena MRV, 18% da obra foi concluída e a terraplanagem está quase pronta (90%).

Nos quesitos fundações e estrutura o status é o seguinte:

  • Estaca hélice: 1.259 unidades executadas – 63% do total;
  • Estaca escavada: 98 unidades executadas – 62% do total;
  • Blocos: 386 unidades executadas – 35% do total;
  • Pilares Pré-moldado: 32 pilares já instalados;
  • Superestrutura metálica: mais de 90 pilares metálicos já instalados.

Compensações

Atualmente, há 303 funcionários na obra. No pico da construção, deverá ter mais de 700 em ação simultaneamente. Já está sendo montada a segunda grua que trabalhará na montagem das estruturas do estádio.

Outros dados importantes dizem respeito às contrapartidas acertadas com o Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPMG).

Além dos 26 mil m² de área verde ao lado do estádio, a Arena MRV será responsável pela regularização fundiária em área de conservação correspondente a mais que o dobro da vegetação nativa suprimida.

O terreno definido para essa compensação fica no Parque Nacional da Serra da Gandarela, no município de Rio Acima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A construção de um parque próximo à obra, na Mata dos Morcegos, também está quase finalizada (assista vídeo aqui)

No que se refere às obras viárias, a Arena MRV aguarda a aprovação dos projetos pelos órgãos de trânsito para dar início ao processo de contratação e posterior execução das obras. Tudo está dentro do prazo.

Entrega das viaturas para a PMMG (Fotos: Grupo Eleven/Arena MRV/Divulgação)

Viaturas para a segurança

No último dia 19, a Arena MRV cumpriu mais uma etapa do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com o MP. Foram entregues quatro viaturas para a Polícia Militar do Estado de Minas Gerais. São pick-ups doadas para o Batalhão de Polícia Militar de Meio Ambiente, o equivalente a um valor total é de R$ 622.800,00.

Os veículos serão caracterizados antes de serem incorporados à frota que auxilia no combate aos crimes ambientais no Estado. “Estamos cumprindo mais um compromisso firmado com o Ministério Público e, também, com a sociedade”, ressalta o CEO da Arena MRV, Bruno Muzzi.

De acordo com o TAC, a Arena MRV comprometeu-se a destinar equipamentos que, somados, superam o valor de R$ 4 milhões para as forças de segurança (Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil).

A doação das viaturas é segunda realizada pelo empreendimento. Em janeiro, a Polícia Civil recebeu drones para o Departamento Estadual de Investigação de Crimes Contra o Meio Ambiente. Outras doações de veículos e uniformes ainda devem acontecer para as corporações, além do repasse de R$ 600 mil para o fundo do Ministério Público.

Documentário

Na onda do aniversário do Atlético, a Rede Minas exibe nesta quinta, às 20h30, no seu canal no Youtube o documentário “Coração em Preto e Branco”, produzido pela equipe da emissora e traz um trecho da história do Galo e personalidades que fizeram – e fazem – parte da massa, em campo e na torcida.

Parte do “Rede Minas Memória”, a obra traz depoimentos de atleticanos ilustres, como do ex-arcebispo de Belo Horizonte Dom Serafim e do cantor e compositor Vander Lee, ambos já falecidos, e de ex-atletas, como Reinaldo, Toninho Cerezo e Luizinho; além de artistas como Wilson Sideral e Celso Adolfo.

Fotos: Rede Minas/Divulgação

Confira outras matérias sobre a Arena MRV aqui.